Jornal do Brasil

Sábado, 23 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Rio

Governo do Rio quita hoje 13º salário de mais de 160 mil servidores

Jornal do Brasil

Com cerca de cinco meses de atraso, o governo do estado do Rio de Janeiro promete quitar nesta terça-feira (24) o décimo terceiro salário de 166.607 servidores ativos, inativos e pensionistas com vencimento líquido acima de R$ 3.458. Ao todo, será depositado R$ 1,1 bilhão.

Em nota, o Palácio Guanabara informou que os pagamentos ocorrerão ao longo do dia, mesmo após o término do expediente bancário. O governo do Rio já quitou o 13º salário de 294.683 servidores ativos, inativos e pensionistas que recebiam até R$ 3.458 líquidos, totalizando recursos da ordem de R$ 598,8 milhões.

O pagamento será possível porque a juíza substituta da 10ª Vara de Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Juliana Leal de Melo, manteve a antecipação de receita dos royalties de petróleo, obtida pelo estado no exterior.

Com isso, o Rio de Janeiro recebeu, neste mês de abril, US$ 600 milhões (aproximadamente R$ 2 bilhões). Dinheiro que deve ser usado no pagamento do 13º salário de 2017.

Royalties

O dinheiro que permitirá que o governo do Rio quite o pagamento do benefício vem da operação de securitização dos royalties do petróleo, o que na prática significa que a operação do governo antecipa receitas de royalties de petróleo que o estado prevê arrecadar no futuro por meio do pagamento de determinado banco para posteriormente pagar às instituições credoras os valores antecipados com juros e taxas.

A operação enfrentou ação na Justiça movida pelo Ministério Público do Rio (MP-RJ), que ajuizou ação civil pública contra o estado alegando ilegalidades na operação, que posteriormente poderia trazer prejuízos ao estado. O aval da juíza substituta da 10ª Vara de Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Rio permitiu que o estado prosseguisse a operação.

Agência Brasil


Tags: décimo terceiro, guanabara, palácio, rio de janeiro, salário, servidor público

Compartilhe: