Jornal do Brasil

Segunda-feira, 18 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Rio

Polícia Civil e MPRJ deflagram operação na Câmara de Vereadores de Mesquita

Jornal do Brasil

A Polícia Civil e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) deflagraram nessa terça-feira (6) uma operação que investiga crimes de peculato, associação criminosa, fraude em procedimentos licitatórios e lavagem de dinheiro que teriam sido praticados por vereadores da cidade de Mesquita, na baixada fluminense.

Policiais da Delegacia Fazendária (Delfaz) e agentes do MPRJ cumprem na manhã desta terça-feira mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados e nas dependências da Câmara Municipal.

São alvos de investigação o presidente da Câmara de Vereadores de Mesquita, Marcelo Biriba, o vice-presidente Amaury Trindade da Silva, o presidente da Comissão de Licitações Fabio de Brito, e representantes das empresas LW Comércio e Serviço de Refrigeração e P.C. Araújo Informática – Me.

De acordo com as investigações, as duas empresas venceram licitações da Câmara em 2017, nas quais não houve concorrência, e também não existiam nos endereços que constavam no CNPJ, com suspeita de um esquema fraudulento que utiliza empresas fantasmas para a emissão de notas fiscais sem prestação do serviço contratado.

Segundo as informações da Polícia Civil, essa é a primeira ação em conjunto do grupo de trabalho composto por membros do Grupo de Atribuição Originária Criminal da Procuradoria-Geral de Justiça do MPRJ e da Delfaz. O objetivo da parceria é agilizar as investigações sobre crimes contra a administração pública e fraudes em processos de licitação, entre outras práticas ilegais.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Câmara de Mesquita e aguarda posicionamento.

Agência Brasil


Tags: câmara de vereadores, mesquita, mprj, operação, polícia civil

Compartilhe: