Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Rio

Rei Momo recebe as chaves da cidade pelo presidente da Riotur

Jornal do Brasil

A chave da cidade do Rio de Janeiro foi entregue ao Rei Momo nesta sexta-feira (9) pelo presidente da Riotur, Marcelo Alves, abrindo oficialmente o Carnaval de 2018 na capital fluminense. O prefeito do Rio Marcelo Crivella (PRB), que estava presente, explicou que não entregaria a chave por não achar relevante, mas reafirmou que não tem nada contra a data festiva.

"Esse negócio de entrega de chave tá virando um dogma religioso. A vida inteira se entregou chave para o Rei Momo. Melhorou a educação? Melhorou a saúde? Tem alguma coisa importante para entregar? Me cobram tanto para entregar essa chave e eu queria saber a relevância. O carnaval é importantíssimo. Mas na escala das hierarquias é uma festa, apenas bem representativa", declarou o prefeito. "Fiz de tudo para que o Carnaval seja de muito sucesso e muito brilho. Como sempre foi e sempre será."

Antes da cerimônia, durante visita para vistoria na Marquês de Sapucaí, onde serão realizados os desfiles das escolas de samba, o prefeito foi atingido por um forte jato d’água vindo de um hidrante, que atingiu também jornalistas e membros de secretarias que o acompanhavam. "O pessoal da Rio Águas está de parabéns", brincou o prefeito. "Porque a vazão que eles botaram ali no ponto de água quase me jogou pro alto."

Crivella foi o primeiro prefeito da história do Rio a não aparecer na Marquês de Sapucaí em seu primeiro ano de mandato desde a inauguração do Sambódromo (1984). Polêmicas como o corte pela metade da subvenção destinada aos desfiles e patrocínio para a passeata LGBT e homenagem a Iemanjá viraram enredos de blocos e escolas de samba deste ano.

Tradicionalmente, a chave da cidade é entregue ao Rei Momo na sexta-feira antes do Carnaval. No ano passado, a prefeitura transferiu a cerimônia para o Sambódromo.

A chave passa o ano sob a guarda do Instituto Cultural Candonga, que traz o artefato simbólico para que o prefeito entregue ao Rei Momo. 

"Vamos brincar com consciência, nos divertir à exaustão, mas com consciência e sem violência. Muita união e muita paz. Declaro agora, oficialmente, aberto o carnaval do Rio de Janeiro!", disse o Rei Momo, ao lado de sua corte e da secretaria municipal de Cultura, Nilcemar Nogueira, e do presidente da Riotur, Marcelo Alves.



Tags: carnaval, crivella, momo, rio, tradiçao

Compartilhe: