Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Maio de 2018 Fundado em 1891

Rio

Polícia do Rio consegue prender 11 em operação para capturar foragidos

Jornal do Brasil

A Operação Expugno, desencadeada terça-feira (6) pela Divisão de Capturas e Polícia Interestadual (DC-Polinter), em Jacarepaguá, zona oeste do Rio, resultou na prisão de 11 pessoas. A unidade da Polícia Civil é responsável pelo controle dos mandados de prisão em conjunto com outros estados.

O delegado titular da Polinter, Márcio Dubugras, informou que a ação desenvolvida nesta terça-feira é uma nova forma de estratégia para prender foragidos da Justiça. Na de terça-feira, o objetivo era cumprir 23 mandados de prisão expedidos pelo Poder Judiciário.

Já o delegado assistente da especializada Mauro César destacou que os crimes cometidos pelas nove pessoas presas até o meio-dia, conforme o balanço parcial, eram os mais diversos, como roubo, latrocínio, estupro, furto e tráfico de drogas.

Entre os detidos, Roberto Reginaldo da Silva, de 60 anos, é acusado de estupro de vulnerável. Ele foi localizado em uma clínica de reabilitação para usuários de drogas em Pedra de Guaratiba, na zona oeste. Segundo o titular da Polinter, na época do crime, em 2015, a vítima tinha 8 anos e o acusado vivia em união estável com a avó da menina. “A Polinter já tinha procurado por ele em seis endereços”, completou delegado Dubugras.

De acordo com a Polícia Civil, o bairro de Jacarepaguá foi escolhido pela Polinter por estar localizado em uma área considerada crítica, que tem sofrido com confrontos entre traficantes e milicianos.

Agência Brasil


Tags: expugno, jacarepaguá, operação, prisão, rio

Compartilhe: