Jornal do Brasil

Segunda-feira, 21 de Maio de 2018 Fundado em 1891

Rio

Número de mortes por febre amarela no estado do Rio sobe para sete

Jornal do Brasil

Subiu para sete o número de óbitos em decorrência da febre amarela no Rio de Janeiro, de acordo com boletim epidemiológico divulgado na noite desta segunda-feira (22) pela Secretaria de Estado de Saúde.

Dos 15 casos confirmados da doença em Valença, três pessoas morreram; em Miguel Pereira houve um óbito; em Teresópolis dois mortos; e em Nova Friburgo, uma pessoa morreu. 

- 3 casos - Teresópolis, sendo dois óbitos

- 9 casos - Valença, sendo três óbitos

- 1 caso - Nova Friburgo, sendo um óbito 

- 1 caso - Petrópolis

- 1 caso - Miguel Pereira, sendo um óbito 

Em Niterói, na região metropolitana do Rio, foi confirmado um caso de febre amarela em macaco. 

A Secretaria de Saúde lembra que os macacos não são responsáveis pela transmissão da febre amarela. A doença é transmitida através da picada de mosquitos.

Ao encontrar macacos mortos ou doentes (animal que apresenta comportamento anormal, que está afastado do grupo ou com movimentos lentos), o cidadão deve informar o mais rápido possível às secretarias de Saúde do município ou do estado do Rio de Janeiro.

A secretaria reforça ainda a importância das pessoas que ainda não se vacinaram buscarem um posto de saúde próximo de casa para se imunizarem.

Rio decide antecipar dose fracionada de vacina contra febre amarela

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro antecipou a utilização das doses fracionadas de vacina contra a febre amarela para quinta-feira (25). Moradores da capital fluminense têm enfrentado longas filas para tomar a vacina contra febre amarela. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), cada posto de vacinação tem autonomia para determinar quantas doses serão aplicadas por dia, seguindo critérios técnicos e de acordo com a capacidade de atendimento de cada unidade.

Secretaria reforça ainda importância das pessoas que ainda não se vacinaram buscarem um posto de saúde próximo de casa para se imunizarem

Com Agência Brasil



Tags: febre, prevençao, rio, saude, vacina, viagem

Compartilhe: