Jornal do Brasil

Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Rio

Crivella anuncia iluminação de LED para Avenida Rio Branco e via de Bangu

Jornal do Brasil

Nove dias depois de voltar da China, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, começa a colher os frutos da viagem. Ele anunciou, na manhã desta quarta-feira, dia 22, que uma empresa chinesa interessada em participar da concorrência pública do projeto que vai modernizar o sistema de iluminação da cidade se  propôs a instalar lâmpadas de LED em duas vias como forma de teste.

 - As grandes empresas (da China) que produzem lâmpadas de LED já anunciaram que virão participar da nossa concorrência pública. Um delas vai colocar na Avenida Rio Branco as suas luminárias. (Eles) não só vão trazer lâmpadas de LED, que iluminam muito mais e são muito mais baratas, como também vai ter wi fi e câmeras acopladas. Outra (via beneficiada) vai ser a Avenida Central, em Bangu. Nessas duas avenidas, o povo já vai poder ver como é bacana a iluminação com câmera e wi fi – disse Crivella, em entrevista à Rádio Tupi.

Crivella recebeu  uma  delegação com cerca de 30 empresários chineses
Crivella recebeu  uma  delegação com cerca de 30 empresários chineses

O projeto prevê  a substituição dos 450 mil pontos de luz da cidade por lâmpadas de LED. De acordo com o conceito de Smart City, os atuais postes seriam substituídos por modelos “inteligentes”, com câmeras de segurança acopladas e wi fi. Além de atualizar o sistema, a medida vei gerar economia para os cofres da cidade, com uma redução potencial de 57% no gasto com eletricidade, de acordo com estudo realizado pelo Banco Mundial. Além disso, o prefeito vai avaliar a possibilidade de oferecer incentivos para a instalação de uma fábrica de LED no Rio, gerando empregos para a população carioca. 

Na noite de terça-feira, Crivella recebeu, no Palácio da Cidade, em Botafogo,  uma  delegação com cerca de 30 empresários chineses e representantes de entidades comerciais e industriais de Macau e Shenzhen. O encontro contou com a participação do cônsul geral da China no Rio de Janeiro, Li Yang. 

- A missão chinesa ao Rio de Janeiro é de grande significado para a nossa cidade, no que ela traz de oportunidades de promoção das relações econômico-comerciais, tecnológicas e culturais entre nossas cidades e países – avaliou o prefeito, que reafirmou o objetivo de unir o Rio à iniciativa do presidente da China, Xi Jinping, de retomar a Rota da Seda. 

A líder do grupo de empresários chineses, do Instituto de Promoção do Comércio e Investimentos de Macau, Gloria Batalha Ung, explicou o que motivou a viagem ao Rio. 

- Fizemos essa viagem com o objetivo de nos inteirar melhor sobre o ambiente de investimento no Brasil e realizar intercâmbio com organismos públicos e empresas para conhecer e explorar as oportunidades de cooperação – afirmou Ung. 

Crivella lembrou ainda da abertura da negociação com o  Banco de Desenvolvimento da China (CDB) de parte da dívida do município com o governo federal.  O objetivo é alongar o prazo de pagamento e diminuir a taxa de juros cobrada pelos bancos federais. A meta é refinanciar US$ 2 bilhões que vencem a curto prazo, diminuindo  assim a pressão sobre o orçamento, o que permitirá direcionar mais recursos para  investimentos.

O encontro foi organizado pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) e o Fórum para a Cooperação Econômica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) em parceria com a prefeitura do Rio.

Tags: bangu, crivella, iluminação, luz, prefeitura

Compartilhe: