Jornal do Brasil

Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Rio

Guardas prendem casal com nove celulares e apreendem adolescente por furto em Copacabana

Jornal do Brasil

Guardas do Grupamento de Guardas Motociclistas (GGM), que estão atuando na operação especial da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) para a 22ª Parada do Orgulho LGBTI, prenderam um homem e uma mulher e apreenderam um adolescente após flagrantes de pequenos delitos durante o evento. Um casal foi preso por volta das 18h, acusado de furtar celulares de pessoas que participavam da parada. A equipe recebeu denúncia de cidadãos sobre a atuação dos acusados e, após pegar a descrição, conseguiu identificá-los próximo ao cruzamento da Avenida Atlântica com a Rua Siqueira Campos. Na bolsa da mulher foram encontrados nove telefones celulares. Uma vítima se apresentou e reconheceu um dos aparelhos. O homem negou ter participado da ação, mas como também foi descrito na denúncia, ambos foram conduzidos para a 12ª DP (Copacabana), onde o caso está sendo registrado.

Material apreendido pela GM
Material apreendido pela GM

Mais cedo, por volta das 14h, outra equipe do GGM apreendeu um adolescente de 16 anos acusado de furtar o cordão de ouro de uma jornalista francesa. Os guardas estavam em patrulhamento na altura da Rua Francisca Sá quando viram o adolescente em fuga. Ele foi apreendido na Rua Júlio de Castilhos e durante a abordagem acabou cuspindo o cordão. Após a apreensão, adolescente e vítima foram encaminhados para a 12ª DP, onde o caso foi registrado como ato infracional análogo ao furto.

A operação especial da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) para o evento está acontecendo desde a noite de sábado, dia 18, e conta com efetivo de 151 guardas municipais. Além da coerção aos pequenos delitos, as equipes também estão atuando em ações de monitoramento e ordenamento de trânsito e de controle urbano.

Tags: celulares, guarda, lgbt, municipal, para, prisão

Compartilhe: