Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

Rio

Prefeitura do Rio garante verba às Paradas LGBTs

 Recursos são provenientes de parceria público-privada

Jornal do Brasil

A Prefeitura do Rio garantiu os recursos para a realização das passeatas LGBTs na cidade. A verba foi assegurada pelo Ministério da Cultura (MinC) que, em publicação no Diário Oficial da União da última sexta-feira (20), autorizou a captação por meio da Lei Rouanet para eventos do “Mês da Diversidade”, instituído este ano. Elaborado pela Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (CEDS Rio) em parceria com a produtora Four X Entertainment, o projeto conseguiu a soma de R$ 1.372.625,00.

A garantia dos recursos é resultado do trabalho realizado pela CEDS que, ao longo de todo o ano, interagiu com mais de 20 empresas em busca de viabilizar os eventos LGBTs do Rio por meio de Parceria Público-Privada (PPP). Uma delas é a Ambev que, após a atuação da coordenadoria, enviou carta de intenção de patrocínio para o MinC, oficializando o patrocínio ao “Mês da Diversidade”. A Uber também apostou na cidade e fará repasse direto à produtora Four X Entertainment.

Nélio Georgini, Coordenador da pasta, viajou à Brasília no dia 25 de agosto para pedir celeridade no processo ao ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, tendo em vista a atual crise econômica que atinge o estado e o município do Rio.

"As passeatas não são simplesmente uma festa, elas representam um ato de cidadania em prol da causa LGBTQIA, que busca visibilidade, igualdade e respeito entre os cidadãos. Para isso, investimos no diálogo com empresas e grupos sociais. Nossa equipe fez um grande esforço para elaborar e entregar tantos projetos. Ao mesmo tempo, vivenciamos um processo que foi um aprendizado especial para seguirmos com o fortalecimento do movimento e torná-lo sustentável - explica Nélio Georgini.

A programação do Mês da Diversidade é desenvolvida com outros órgãos da Prefeitura, como a Secretaria Municipal de Assistência Social e Diretos Humanos (SMASDH) e a Secretaria Municipal de Cultura (SMC).

"O trabalho conjunto com a CEDS Rio proporciona iniciativas que têm como destaque a promoção de diversas manifestações da cidade. Acreditamos na diversidade como um tema central para a cultura pulsante do Rio, e buscamos atrair parceiros que acreditem nesse potencial. Conseguir levantar recursos junto a empresas privadas reforça a credibilidade da gestão municipal, que não tem medido esforços para a realização de eventos e atividades culturais que expressem a marca da pluralidade do povo carioca", afirma Nilcemar Nogueira, à frente da SMC.

"A gente fica muito feliz em poder dar continuidade aos eventos públicos com o patrocínio da iniciativa privada. Nesse momento de crise, essa parceria é fundamental para permitir que a Prefeitura realize eventos como esse, de grande importância para a inclusão", comemora Pedro Fernandes, secretário municipal de Assistência Social e Direto Humanos.

Tags: ato, diversidade, investimento, lgbt, parada, rio de janeiro

Compartilhe: