Jornal do Brasil

Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Rio

Em terceira reunião da CPI dos Ônibus, Tarcísio critica "marcha lenta" do processo

Plano de trabalho do Psol foi apresentado ao presidente do tribunal

Jornal do Brasil

A CPI dos Ônibus da Câmara dos Vereadores, que investiga contratos do setor de transporte a partir de 2010, teve sua terceira reunião nesta terça-feira (29), às 13h30, no Tribunal de Contas do Município. De acordo com o vereador Tarcísio Motta (Psol), a visita foi uma uma visita para conversar com o presidente do TCM. Segundo ele, a visita demonstra uma vontade dos outros membros da comissão de "andar em marcha lenta" no desdobramento das investigações, ao não aprovar requerimentos de documentações e depoimentos.

O plano de trabalho desenvolvido pelo Psol foi apresentado ao presidente do TCM, Thiers Montebello.

De acordo com o vereador Tarcísio Motta, reunião foi um encontro com o presidente do TCM
De acordo com o vereador Tarcísio Motta, reunião foi um encontro com o presidente do TCM

Na primeira reunião da CPI que aconteceu no dia 15 de agosto, o vereador Tarcísio Motta (Psol) apresentou um plano de trabalho para os demais membros da comissão, que preferiram adiar qualquer deliberação para esta terça.

O documento apresenta uma lista de 33 pessoas que devem ser ouvidas pelos vereadores. Entre eles, estão o ex-prefeito Eduardo Paes, o ex-secretário Rodrigo Bethlem e os empresários José de Castro Barbosa (Consórcio Internorte e Viação Caprichosa) e José Ferreira (Consórcio Internorte e Viação Rubanil).

O plano de trabalho proposto pelo Psol também destaca a necessidade de se fazer uma série de requerimentos, como balancetes mensais de cada empresa operadora e de cada consórcio.

A próxima reunião ocorre na próxima terça-feira, 5 de setembro, às 13h, na Câmara dos Vereadores. O encontro é aberto ao público.

Tags: cpi, fetranspor, município, reunião, rio, tarcísio, ônibus

Compartilhe: