Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Maio de 2018 Fundado em 1891

Rio

Crivella lança Programa de Motopatrulhamento da Guarda Municipal

Nova frente de segurança começa neste domingo

Jornal do Brasil

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, implantou na manhã deste sábado, dia 26, o Programa de Motopatrulhamento da Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio), com a entrega de 100 das 250 motos Honda 300 cilindradas doadas pelo grupo Multiplan, que administra o Barrashopping. O lançamento foi marcado pela motoata que saiu de Campo Grande, na Zona Oeste e percorreu diversos bairros da Zona Norte e da Zona Sul, até chegar a Copacabana, primeiro bairro a contar com o novo serviço já a partir deste domingo, 27. A previsão é que, já na próxima semana, o motopatrulhamento entre em ação também em Campo Grande, Bangu, Barra da Tijuca, Madureira e Centro, entre outros bairros. 

O programa está entre as diversas medidas que vêm sendo adotadas desde o início do atual governo para contribuir com as forças de segurança pública na redução dos índices de criminalidade na cidade. 

"Temos investido firme em uma série de ações de segurança, com parcerias que tornam a nossa Guarda uma força auxiliar da PM. Enquanto a Polícia faz incursões atrás de fuzis e encastelados no tráfico de drogas, a GM está nas calçadas e já atua na mesma frequência de rádio da PM. A Inteligência da GM e as nossas câmeras estão em sincronia com as da Polícia. São fatos que fortalecem nossas ações de segurança e demonstram que não vamos esmorecer", garantiu o prefeito. 

Crivella lança Programa de Motopatrulhamento da Guarda Municipal

Além de ressaltar o trabalho realizado pelo coronel Paulo Amendola à frente da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), e pela inspetora geral Tatiana Mendes, comandante da GM, o prefeito agradeceu, em especial, ao empresário Vander Giordano da Multiplan pelo apoio para que o programa fosse concretizado. 

"Quem sabe essa iniciativa inspire outros empresários a nos apoiar? Se estivermos unidos vamos vencer e encontrar recursos para nos redimir dessa situação tão triste de violência que nos envergonha todos os dias", disse Crivella. 

Diretor corporativo da Multiplan, Vander Giordano disse que a iniciativa do grupo é uma retribuição ao povo carioca e conclamou outros empresários a dar sua contribuição.  “Chamamos outros empreendedores a fazer algo mais pela cidade. Nós geramos empregos, recolhemos tributos, mas o Rio precisa de mais coisas, e a segurança tem sido o item mais mencionado pela população. A gente entende que juntos poderemos ter um Rio melhor”, alerta o empresário. 

O secretário Paulo Amendola destacou o esforço da atual administração na construção de políticas públicas de segurança que vêm resultando em esperança para a população. 

"O impulso que o prefeito Crivella vem dando à Guarda no campo da segurança pública nunca foi dado nos mais de 20 anos de existência da GM. Trabalhamos agora alinhados, em parcerias inéditas com todas as forças de segurança. Com o enorme apoio do governo federal, atuamos com o governo do estado e começamos a dar esperança à população em termos de segurança", afirmou Amendola. 

Já a inspetora Tatiana adiantou como funcionará o Grupamento de Guardas Motociclistas. “Com a entrega das motos, a GM-Rio recria o Grupamento de Guardas Motociclistas, que vai realizar rondas preventivas e ostensivas, alinhadas a ações integradas de tecnologia com o recebimento de informações e imagens do nosso Núcleo de Videopatrulhamento e de nossa Assessoria de Inteligência”, adianta a comandante da GM. 

O motopatrulhamento - No primeiro mês dessa nova frente de serviço, o patrulhamento envolverá ao todo 74 guardas (20 por dia), divididos em cinco equipes de três motos cada que vão atuar das 7h às 19h. A atuação se baseia nos indicadores de criminalidade do Instituto de Segurança Pública (ISP) que apontam os locais onde os crimes de menor potencial ofensivo (como roubos e furtos a transeunte e turistas) são mais elevados. O projeto conta ainda com parcerias entre a Guarda Municipal e os batalhões da Polícia Militar e as delegacias de Polícia Civil, e demais órgãos e entidades da sociedade civil, para a melhoria da qualidade de vida da população carioca.  

Capacitação – Para dar vida ao novo Grupamento de Guardas Motociclistas, a GM-Rio está promovendo o curso de aperfeiçoamento de motociclistas que começou dia 19 de junho com aulas teóricas e práticas ministradas por instrutores da Academia de Ensino na própria sede da instituição, em São Cristóvão, e no Parque Radical de Deodoro. Um grupo de 74 GMs já estão habilitados a atuar no motopatrulhamento. Outros 83 guardas estão em treinamento na sede da GM-Rio. Além do curso promovido pela instituição, o efetivo também participou de estágio básico de motopatrulhamento no Batalhão de Choque da Polícia Militar, complementando a formação dos agentes. 

Os guardas recebem instruções e técnicas de abordagem usando motocicletas, como noções de patrulhamento e pilotagem com obstáculos e dificuldades, além de treinos com uso de equipamento de menor potencial ofensivo, como pistola de eletrochoque, spray de pimenta e disparadores de balas de borracha. Entre as disciplinas, estão Legislação de Trânsito, Técnica de Pilotagem com Abordagem, Imobilização Tática e Técnica de Algema, Abordagem com Motociclistas, Posturas Municipais e Direção Defensiva e Ofensiva. 



Tags: moto, patrulhamento, prefeitura, rio, segurança

Compartilhe: