Jornal do Brasil

Quinta-feira, 26 de Abril de 2018 Fundado em 1891

Rio

Novas testemunhas de acusação em ação contra Cabral são ouvidas pela Justiça

Oitivas começaram na manhã desta segunda-feira, por videoconferência

Jornal do Brasil

Testemunhas de acusação no processo que envolve o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, sua mulher, a advogada Adriana Ancelmo, e outros cinco réus na Operação Lava Jato são ouvidas pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da operação na primeira instância. As oitivas começaram na manhã desta segunda-feira, por videoconferência.

Depois dos depoimentos de acusação, são ouvidas as testemunhas de defesa e, por último, os próprios réus.

Cabral é réu na Justiça Federal do Paraná desde 16 de dezembro do ano passado. Ele está preso desde 17 de novembro. De acordo com o MPF, o grupo teve envolvimento no pagamento de vantagens indevidas a partir do contrato da Petrobras com o Consórcio Terraplanagem Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), formado pelas empresas Andrade Gutierrez, Odebrecht e Queiroz Galvão.

Entre as testemunhas de acusação, está Fabio Trigo, representante da grife Ermenegildo Zegna. A investigação sustenta que Cabral utilizou o dinheiro recebido de propina para a compra de bens de luxo, como ternos da grife. Fotos anexadas ao processo mostram nome de Cabral bordado no bolso de paletó da marca. 

O ex-governador adquiriu pelo menos 20 ternos da grife italiana, cujos preços variam de R$ 18 mil até R$ 150 mil. As informações são do jornal Extra.

Testemunhas de acusação em processo contra Cabral são ouvidas nesta segunda



Tags: Corrupção, Sérgio Cabral, acusação, grife, moro, testemunha

Compartilhe: