Jornal do Brasil

Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

Rio

Polo de ventilação é o próximo local de passagem do Tatuzão

Jornal do Brasil

Entre as avenidas Ataulfo de Paiva e Visconde de Albuquerque, na região do Alto Leblon, um canteiro de obras da Linha 4 do Metrô chama a atenção no Rio de Janeiro. Trata-se do poço de ventilação e saída de emergência da nova linha. 

O poço tem 22 metros de diâmetro por 32 metros de profundidade, o que corresponde a um prédio de dez andares. Em fase de acabamentos, o poço receberá o Tunnel Boring Machine, o Tatuzão, em sua última passagem.

Os colaboradores do Consórcio Linha 4 Sul, responsável pelas obras na região, preparam o ambiente para a chegada do Tatuzão, que passará por dentro de uma espécie de caixote, preenchido com argamassa, técnica utilizada para permitir que o equipamento continue operando em ambiente similar ao que estava.

A passagem no poço servirá também para a troca de ferramentas da roda de corte, garantindo a retomada da escavação em rocha, já que o Tatuzão seguirá por dentro do maciço do Alto Leblon em direção aos túneis abertos desde a Barra da Tijuca, fazendo a conexão das vias.

O edifício subterrâneo está dividido em quatro níveis. O primeiro andar terá um reservatório de água e casas de bombas. O segundo piso será o porão de cabos. No terceiro nível ficarão a subestação de energia e a sala de baterias, um ambiente confinado e projetado com piso de cerâmica especialmente para receber esses equipamentos. 

A área de ventilação, com piso de alta resistência por causa dos equipamentos, e as salas técnicas ficarão no quarto andar. Nas laterais, escadas para saída de emergência.

Tags: leblon, Metrô, Obras, Rio de Janeiro, Tijuca, transporte

Compartilhe: