Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Rio

Peças que seriam usadas em trilhos do bonde de Santa Teresa são roubadas

Agência Brasil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro está investigando o roubo de peças, avaliadas em R$ 32,7 mil, do novo bonde de Santa Teresa. De acordo com a Secretaria Estadual da Casa Civil, na madrugada de ontem (3), ladrões levaram de um canteiro de obras 55 ferramentas e equipamentos que seriam usados no alinhamento e na fixação dos trilhos do bonde.

As peças, que são pesadas e de uso específico nesse tipo de obra, devem ser repostas em até 20 dias para não alterar o cronograma de entrega do novo sistema de bondes do bairro. Segundo a secretaria, o material tem que ser armazenado no local da obra para evitar que seja transportado diariamente por caminhões pelas ladeiras estreitas de Santa Teresa, causando transtornos no trânsito.

Agentes da 7ª Delegacia de Polícia, onde o caso foi registrado, fazem buscas para tentar localizar o material roubado. Representantes da concessionária que administra o bonde já foram ouvidos pela polícia e outras testemunhas estão sendo chamadas para prestar depoimento.

A data de início de operação dos novos bondes só será definida pelo governo do Rio após a fase de testes, que deve durar de 30 a 60 dias. A previsão do governo é que até 2015, o sistema de bondes esteja funcionando integralmente. A circulação dos bondes está interrompida desde agosto de 2011, quando o descarrilamento de um dos veículos provocou a morte de seis pessoas e deixou mais de 50 feridos.

Tags: Bairro, bondinhos, Rio, ROUBO, tradição

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.