Jornal do Brasil

Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

Rio

Paraíba do Sul entra em alerta e secretária pede economia de água

Agência Brasil

A prefeitura de Paraíba do Sul, município localizado no centro-sul do Rio de Janeiro, está em estado de alerta e pede à população que evite o desperdício de água. A medida foi tomada após a decisão da Agência Nacional de Águas (ANA), válida até o dia 30 de setembro, que reduziu de 190 metros cúbicos por segundo para 160 metros cúbicos por segundo a vazão mínima da barragem de Santa Cecília, no Rio Paraíba do Sul.

Com mais de 62 mil quilômetros quadrados, a bacia do Rio Paraíba do Sul cruza 184 municípios e abastece diversas cidades, inclusive as da região metropolitana do Rio de Janeiro. A bacia é formada pelos reservatórios de Paraibuna, Santa Branca, Jaguari e Funil. A determinação da ANA foi publicada no Diário Oficial da União nessa terça-feira (2) e é a terceira redução aprovada para a barragem de Santa Cecília desde o início do ano. O objetivo é “preservar os estoques de água disponíveis”, que apresentam apenas 18,5% do volume – nível mais baixo desde 2003.

De acordo com a agência, os impactos da redução da vazão serão acompanhadas em avaliações periódicas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e o governo estadual, com o apoio do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (Ceivap) e do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Guandu. 

A secretária do Meio Ambiente de Paraíba do Sul, Nathália Mafra, disse que é grande a preocupação com o nível do rio que abastece a cidade e que moradores precisam colaborar por meio do consumo responsável.

“Pequenas ações do dia a dia, como fechar a torneira enquanto escova os dentes, não utilizar água potável para lavar calçadas e verificar se há vazamentos na residência, ajudam muito. Os estoques de água nos reservatórios estão muito baixos, mas se cada um fizer sua parte, podemos evitar uma crise no abastecimento”, explicou.

Tags: abastecimento, água, interior, prefeitura, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.