Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Rio

Instituto lança edital para concessão e modernização do Trem do Corcovado

Agência Brasil

Foi publicado hoje (2) no Diário Oficial da União o aviso de licitação para a concessão do Trem do Corcovado, que leva ao ponto turístico mais visitado do Brasil, o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. A Estrada de Ferro do Corcovado foi inaugurada em 1884 e liga o bairro do Cosme Velho ao alto do Morro do Corcovado. No ano passado, o local recebeu 2,3 milhões de visitantes, sendo 923 mil pelo trem.

Responsável pelo processo de concessão, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) tem expectativa de arrecadar R$ 20 milhões por ano com o serviço. A licitação está marcada para o dia 20 de outubro, com previsão de investimento de R$ 96 milhões e o edital pode ser baixado no site do instituto na internet.

De acordo com o texto do edital, a licitação é para “ampliação, modernização, manutenção e exploração de serviço de transporte ferroviário de passageiro na Estrada de Ferro do Corcovado – Trem do Corcovado, no trecho Cosme Velho – Corcovado, na Floresta Nacional da Tijuca" e tem finalidade turística, histórica e cultural.

O chefe do Parque Nacional da Tijuca, Ernesto Viveiros de Castro, disse que o contrato de arrendamento era feito diretamente com a Secretaria de Patrimônio da União e, recentemente, passou para o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão responsável pelos parques nacionais. Os trens do Corcovado são operados pela concessionária Esfeco desde 1979. "Os atuais são de 1979. Estão bem conservados, dentro do possível, porque o trem é um veículo que tem longa duração, mas eles estão no final da vida útil do fabricante”, explicou.

De acordo com Viveiros, a concessão visa a melhorar a qualidade do serviço e integrar o trem ao parque, para fazer o visitante entender que está dentro de uma área de conservação. “Tem uma série de cuidados que a gente vai incorporar, como a questão da poluição sonora, o monitoramento do impacto sobre a fauna e a flora, as informações sobre a conservação da área, os aspectos de educação e sensibilização ambiental".

O edital prevê a aquisição de novos trens e reforma de todas as estações, com modernização do sistema operacional, da rede elétrica e dos espaços para o visitante, além de implantação de sinalização, atendimento bilíngue e exposição sobre a história da ferrovia e do parque. Está prevista a integração com o Espaço Paineiras, centro de visitantes que está sendo construído no antigo Hotel das Paineiras, com previsão de ficar pronto em 2016, e com o novo sistema de bondes de Santa Teresa, na Estação Silvestre, com inauguração prevista para 2015.

Será implantada ainda a coleta seletiva de lixo com destinação social e está prevista a contratação de funcionários que morem nas comunidades do entorno, com a criação de programas de capacitação de mão de obra para atuação no turismo. O novo operador terá que cuidar também das trilhas e acessos de pedestres ao Corcovado, além de construir uma nova trilha entre a Estação Paineiras e o Corcovado.

Tags: floresta, nacional, parque, Tijuca, trenzinho

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.