Jornal do Brasil

Sábado, 21 de Abril de 2018 Fundado em 1891

Rio

Comunidades do Rio são treinadas para sistema de alerta de deslizamento

Jornal do Brasil

As comunidades da Chácara do Céu, Vidigal e Santa Marta, na zona sul da cidade, passaram hoje (30) por um exercício simulado do Sistema de Alerta e Alarme, que começou a ser instalado em julho de 2011. O sistema de sirenes é acionado quando há risco de deslizamentos por causa de chuvas fortes e os moradores das áreas mais vulneráveis das três comunidades precisam deixar suas casas e se dirigir a um ponto de apoio.

De acordo com o subsecretário de Defesa Civil do município, Marcio Motta, o treinamento deste sábado foi o segundo feito nessas três comunidades, No total, já houve 24 simulações em  todos os locais que receberam o sistema. “O objetivo é claro: salvar vidas. É uma ação emergencial que estamos fazendo, seguindo tudo o que é preconizado no mundo inteiro pela ONU [Oorganização das Nações Unidas], do alerta sonoro precoce, antes que o desastre aconteça”, disse Motta.

Segundo ele, o sistema ainda é novo no Rio e a cultura latina não está acostumada com o comportamento de colaboração e treinamento para prevenir desastres, como ocorre em países como os Estados Unidos e o Japão. Por isso, é preciso fazer os exercícios para treinar a população.

“Aqui ainda vai demandar um certo tempo para as pessoas compreenderem como deve ser a participação delas quando uma sirene tocar anunciando que há risco de deslizamento e que devem se dirigir a um local seguro. É um processo de mudança de comportamento, mas [o sistema de alerta] tem sido bem aceito. Tanto é que, desde que foram instaladas em 2011, as sirenes já foram acionadas por diversas vezes em situações reais e não tivemos mais nenhuma morte nas comunidades em que elas foram instaladas.”

Segundo o subsecretário, no último verão, as sirenes foram acionadas no dia 11 de dezembro de 2013, em 48 comunidades, e no dia 16 de janeiro deste ano, em 27 comunidades, na região do Complexo do Alemão e do Lins, e as pessoas saíram de suas casas e foram para os locais seguros.

O último grande desastre provocado pelas chuvas na cidade do Rio de Janeiro ocorreu no dia 5 de abril de 2010, quando a cidade decretou situação de emergência e 67 pessoas morreram.

Agência Brasil


Tags: Favelas, chuvas, comunidades, emergência, zona sul

Compartilhe: