Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Rio

Uerj cancela matrícula de aluna e investiga outros por fraude em cotas

Jornal do Brasil

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) cancelou a matrícula de uma aluna do curso de Administração, depois de comprovada fraude para entrar no sistema de cotas, com informações socioeconômicas falsas. Outros 10 são investigados sob a mesma suspeita. 

Para um aluno concorrer a uma vaga na Uerj sob o regime de cotas, para negros, indígenas ou para alunos da rede pública, ele precisa, entre outros quesitos, comprovar renda per capita mensal bruta igual ou inferior a R$ 1.017, com cópia de documentos dos integrantes da família e informações sobre a residência.

A Universidade deve passar a pedir que os vestibulandos informem dados dados mais objetivos para explicar a autodeclaração. No início deste ano, a imprensa noticiou que o Ministério Público investigava 41 alunos que teriam passado informações falsas para atender aos requisitos de concorrência por cota.

Tags: cotas, Faculdade, investigação, negros, Uerj

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.