Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Rio

Beltrame diz que não há denúncias formais de ameaças a candidatos

Agência Brasil

O secretário de Segurança Pública do Estado do Rio, José Mariano Beltrame, disse nesta terça-feira (26) que até o momento não há registro de denúncias de constrangimento a candidatos por parte de traficantes e milicianos. Ele disse que, se o Tribunal Regional Eleitoral do Rio pedir, haverá reforço policial nas favelas de onde partem reclamações dos candidatos.

“Queria dizer para a população que não existe nenhuma ameaça registrada. A ameaça que houve foi de uma deputada, que já foi apurada. Havia uma placa onde a moradora disse que não queria. A polícia está pronta para agir, mas nós não temos ameaça com nomes de pessoas, ruas, endereço, onde isso está acontecendo”, explicou.

Para o secretário, qualquer pessoa que se sentir agredida tem que procurar a polícia e informar. Beltrame lembrou que no caso de campanha eleitoral, se isso ocorrer, a competência para avaliar o crime é da Polícia Federal.

Ele disse que, mesmo assim, as forças de segurança do Rio estão cooperando com a Justiça  Eleitoral. “Hoje nós temos várias unidades de polícia pacificadora. Qualquer candidato que tiver algum tipo de problema é só procurar o comando, que vai fazer a sua campanha normalmente”, disse.

O tribunal marcou para amanhã uma reunião para decidir se será feito pedido de atuação das forças federais em locais apontados nas denúncias de candidatos.

Tags: . 2014, Eleições, Rio, secretário, segurança

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.