Jornal do Brasil

Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Rio

Quarto acusado por morte de empresária é preso no Rio

Portal Terra

A Polícia do Rio de Janeiro prendeu no último sábado o quarto acusado de participar do assassinato da empresária Maria Cristina Bittencourt Mascarenhas, conhecida como Timtim. O crime ocorreu no dia 17 do mês passado na Gávea, zona sul da cidade. 

Segundo o jornal o Estado de S. Paulo, Klaus Kischkel Jr., 25 anos, foi preso quando saía de um supermercado no bairro de Pilares, na zona norte do Rio. Ele foi reconhecido por um pedestre que o descreveu para os policiais que patrulhavam a área.

Maria Cristina, sócia do restaurante Guimas, foi morta a tiros durante um assalto. O assassinato foi na praça Santos Dumont, em frente ao BG Bar. Testemunhas informaram que a empresária tinha acabado de sacar dinheiro em uma agência bancária do Shopping da Gávea quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta. Ela reagiu e os criminosos atiraram. A dupla fugiu com a bolsa da vítima. A empresária chegou a ser socorrida ao hospital, mas não resistiu. 

O restaurante Guimas, na Gávea, um dos mais tradicionais do Rio, foi fundado há 33 anos, por Cristina, o marido, Chico Mascarenhas, Ricardo (que morreu há cinco anos) e Priscilla Guimarães. 

Tags: Assalto, gávea, guimas, morte, ROUBO

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.