Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

Rio

Oficial dos bombeiros morre durante teste de aptidão física

Jornal do BrasilGisele Motta *

Na manhã desta quarta-feira (20) um subtenente do Corpo de Bombeiros do Rio, que não teve o nome confirmado pela corporação, morreu ao realizar uma corrida de 2,4 quilômetros, parte do Teste de Aptidão Física semestral, conhecido como Taf, no Quartel Central. Um oficial que estava no local, e pediu para não ser identificado, revelou que não existe um exame médico específico voltado para a realização do Taf.

Segundo o oficial, foi uma surpresa muito grande a morte do colega. “Quando acabou a corrida, o subtenente colocou a mão no peito andou dez metros e deitou no chão. Chamamos a ambulância e logo depois fomos comunicados de seu falecimento”, relembra o oficial. O bombeiro diz que todos ficaram muito surpresos com o acontecimento. “Jamais pensaríamos que ele iria enfartar. Ele tinha uma vida ativa fisicamente, 32 anos... Era um cara forte e dessas pessoas que gostam de esporte. Era também músico. Foi realmente um choque”, completa o colega.

Exames médicos e profissionais são realizados periodicamente, como afirma a assessoria dos Bombeiros. Porém, não existem exames pré-taf. A assessoria informou que as aulas de educação física diárias funcionam como um preparatório para o teste. “Vale mencionar que o objetivo de todos esses exames é assegurar que nossos militares estejam capacitados para atender a sociedade com a presteza esperada e necessária às ocorrências”, completou a nota da assessoria. 

Ainda segundo a Corporação, os bombeiros que apresentam restrição médica não se submetem ao teste físico. Sobre as aulas de educação física, as denúncias de que elas não são sempre utilizadas pelos bombeiros para se exercitar, a corporação informou que o horário de educação física faz parte do cronograma diário de todos os militares e aqueles que não realizam a atividade estão infringindo uma norma da corporação.

*Do programa de estágio do JB

Tags: corpo de bombeiros, corrida, exercício, morte, Rio, RJ, teste

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.