Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Rio

No Rio, Itagiba defende a valorização do policial e a aprovação da PEC 300

Candidato a deputado federal solicitou apoio a Aécio Neves

Jornal do Brasil

O candidato a deputado federal pelo PSDB, Marcelo Itagiba, comentou a visita do candidato à Presidência da República, Aécio Neves, ao morro Dona Marta, Zona Sul do Rio, na segunda-feira (18). Itagiba destacou que Aécio pôde ver a única comunidade do Rio onde a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) funciona plenamente.

De acordo com o candidato a deputado, o secretário de Segurança José Mariano Beltrame, que também acompanhou a visita, criticou a prefeitura do Rio ao citar a ausência de programas sociais acompanhando a instalação das UPPs em comunidades.

"Sem dúvida o social é importante e de fato a prefeitura vem se omitindo. Mas é importante pensar também no policial e nas demais estruturas do Estado que precisam estar presentes nas comunidades", destacou Itagiba, acrescentando: "Defendi na presença de todos que ali estavam [Aécio Neves, Beltrame, policiais e populares] que se faz necessária a presença não apenas da polícia, mas também da Defensoria Pública, do Ministério Público, dos juizados Especiais Cíveis e Criminais, pois assim teremos todos os órgãos responsáveis pela paz social nas comunidades."

Itagiba falou ainda da importância de se valorizar o policial. "Não adianta ter apenas uma polícia mal remunerada cuidando de todos os aspectos que não lhe cabem cuidar. Polícia foi feita para prevenir e reprimir o crime, e não para mediar conflitos. Quem media conflito é a Justiça. A polícia tem que ser bem remunerada. Por isso defendo a aprovação da PEC 300. Pedi inclusive apoio à PEC ao Aécio, pois o governo Cabral foi um dos que foram contrários a continuação da votação", disse Itagiba.

A PEC 300 está em tramitação no Congresso e estabelece que a remuneração  dos policiais militares dos estados não poderá ser inferior à da Polícia Militar do Distrito Federal, aplicando-se também aos integrantes do Corpo de Bombeiros Militar e aos inativos.

Tags: #eleições2014, brasil, eleição, Eleitor, urna

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.