Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Rio

Justiça recebe denúncia contra PMs da UPP do Jacarezinho acusados de estupro

Foi decretada a prisão preventiva dos denunciados

Jornal do Brasil

A Auditoria Militar do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) recebeu nesta segunda-feira, dia 18, a denúncia do Ministério Público (MP) e marcou para a próxima quinta, dia 21, o interrogatório dos policiais militares Gabriel Machado Mantuano, Anderson Farias da Silva e Renato Ferreira Leite. No dia 5 de agosto, três moradoras do Jacarezinho – uma delas menor de idade – teriam sido estupradas pelos PMs.

“Recebo a denúncia, considerando os indícios de fatos que, em tese, constituem crimes militares de natureza gravíssima, sendo certo que materialidade delitiva e autoria encontram-se indiciariamente demonstradas especialmente pelas declarações prestadas pelas supostas vítimas, que narram com riqueza de detalhes a empreitada criminosa e o modus operandi dos policiais militares”, afirma a juíza Ana Paula Monte Figueiredo Barros em sua decisão.

A magistrada decretou a prisão preventiva dos denunciados. “Tais afirmações das supostas vítimas indicam a periculosidade dos policiais militares, que, em tese, aproveitando-se do poder ostensivo de suas fardas, subjugando as supostas vítimas, praticaram fatos absolutamente incompatíveis com sua função, pondo em risco a ordem pública, gerando insegurança àqueles que transitam pelo local”.

A juíza concedeu a liberdade provisória ao policial Wellington de Cássio Costa Fonseca.

Tags: denúncias, pacificadora, polícia, policiais, unidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.