Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Rio

Rio registra sexta morte de policial de UPPs este ano

Agência Brasil

O soldado Wesley dos Santos da Silva Lucas, 30 anos, morreu nesta terça-feira (12) pela manhã durante troca de tiros com criminosos, na localidade conhecida como Coração de Mãe, no Morro da Coroa, no Rio Comprido, Zona Norte do Rio de Janeiro. O militar - lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Coroa, Fallet e Fogueteiro - foi atingido por tiros disparados contra os policiais e levado às pressas para o Hospital Central da Polícia Militar, mas não resistiu aos ferimentos. No ano, é a sexta morte de policiais, além de 24 feridos, em confrontos com criminosos em áreas ditas pacificadas.

Na ação, um casal foi preso com uma pistola automática calibre 9 milímetros e munições. Wagner Gabriel Ferreira e Ana Paula de Azevedo foram autuados por homicídio e porte ilegal de arma. A ocorrência foi registrada na 5ª Delegacia de Polícia, Avenida Mem de Sá, no Centro da cidade.

No momento, a polícia faz averiguações na área em que ocorreu o tiroteio e nas vizinhanças. O contingente da UPP que atende as comunidades Coroa, Fallet e Fogueteiro recebeu reforços de outras UPPs, do Grupamento de Intervenções Táticas e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Weslley Lucas estava na corporação desde março de 2012, e na atual unidade desde janeiro deste ano. Ele deixa esposa e um filho de 10 anos.

Tags: morte, pacificadora, polícia, Rio, unidades

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.