Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Rio

Acusado de chefiar tráfico em favelas do Rio é preso no Paraguai

Agência Brasil

Policiais paraguaios prenderam José Benemário de Araujo, apontado como uma das lideranças da principal facção criminosa do Rio de Janeiro. De acordo com informações da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) do Paraguai, Benemário foi preso na tarde de ontem (11) em uma rua do centro de Ciudad del Este, cidade paraguaia que fica na fronteira com Foz do Iguaçu, no Paraná.

Benemário estava foragido da Justiça brasileira desde fevereiro de 2013. Ele inicialmente se escondeu em favelas brasileiras e depois fugiu para a cidade paraguaia, onde pretendia comprar propriedades para “coordenar atividades ilegais”, segundo a Senad.

De acordo com informações do Disque-Denúncia, ele chefiava a venda de drogas nas favelas de Manguinhos e Lins de Vasconcelos, na zona norte da cidade do Rio, e de Antares e Cesarão, na zona oeste. Benemário tem condenações por homicídio, sequestro, roubo, tráfico de drogas e formação de quadrilha. As penas somam 73 anos de prisão.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, ele foi indiciado como um dos mandantes dos ataques a cinco unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no Complexo de Manguinhos, em março deste ano. Benemário será trazido para o Rio de Janeiro na tarde de hoje (12). As investigações que levaram à localização de Benemário tiveram o apoio da Polícia Federal brasileira e da Polícia Civil fluminense.

Tags: chefe, crime, droga, josé benemário de araujo, tráfico

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.