Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Rio

Operação no RJ desarticula milícia que negocia imóveis do Minha Casa, Minha Vida

Agência Brasil

Policiais civis cumprem na manhã de hoje (7) 27 mandados de prisão e 90 de busca e apreensão contra uma milícia que atua na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Entre os crimes cometidos pela quadrilha, conhecida como Liga da Justiça, estão a locação e venda ilegal de imóveis do Programa Minha Casa, Minha Vida e a extorsão de moradores que residem em unidades habitacionais do programa.

Segundo a Secretaria de Segurança, o grupo obrigava os moradores a pagar por segurança, taxa extra de luz, televisão a cabo clandestina e cestas básicas. Aqueles que se negavam a pagar a quadrilha eram expulsos do condomínio. Os imóveis das pessoas expulsas eram alugados ou vendidos.

Segundo a investigação da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas e Inquéritos Especiais (Draco-IE), da Polícia Civil, em parceria com as corregedorias das polícias, o Ministério Público e a Secretaria de Administração Penitenciária, aqueles que tentavam retornar às suas casas, ainda que apenas para pegar pertences, eram espancados e até mortos.

A quadrilha também é suspeita de praticar roubo, tortura, ocultação de cadáveres, constrangimentos ilegais e injúrias. Ontem, a Divisão de Homicídios da Polícia Civil já havia prendido Marco José de Lima Gomes, conhecido como Gão, e apontado como chefe em exercício do grupo, exercendo a função em lugar de outras lideranças presas.

Tags: milícia, Operação, polícia, prisão, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.