Jornal do Brasil

Sábado, 22 de Novembro de 2014

Rio

Justiça do Rio toma depoimento de Marcinho VP em videoconferência

Agência Brasil

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) utiliza o sistema de videoconferência, na tarde desta quinta (7), para tomar o depoimento do traficante Márcio Santos Nepomuceno, conhecido como Marcinho VP, que cumpre pena no presídio de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná. Além dele, o pastor Marcos Pereira da Silva também será interrogado na audiência de instrução e julgamento, uma vez que os dois respondem ao mesmo processo por associação para o tráfico, de acordo com denúncia do Ministério Público estadual (MP-RJ). O pastor está preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, zona oeste da capital fluminense.

Conhecido por liderar uma das maiores facções criminosas do Rio, o Comando Vermelho, e por chefiar pontos de venda de droga no Complexo do Alemão, Marcinho VP se associou a Marcos Pereira em 1993, quando o pastor começou a ir aos presídios para fazer pregações religiosas. De acordo com a denúncia do MP-RJ, o pastor fazia a ligação entre criminosos presos e traficantes em liberdade. Além disso, o documento aponta que Marcos Pereira utilizava templos religiosos para esconder traficantes em fuga e armas.

Em 2013, Marcinho VP foi indiciado juntamente com Fernandinho Beira-Mar por comandar ataques à sede da organização não governamental AfroReggae, no Compexo do Alemão. Os ataques ocorreram após o diretor da ONG José Júnior testemunhar contra o pastor Marcos Pereira, que na época respondia a acusações de estupro em outro processo. Também no ano passado, o pastor foi condenado a 15 anos de prisão.

 

Tags: . preso, sessão, traficante, Tribunal, vídeo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.