Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Rio

Idosa morre durante operação da PM no Complexo do Chapadão, no Rio

Agência Brasil

Uma idosa morreu hoje (6) pela manhã durante uma operação de policiais militares do Batalhão de Irajá, nas comunidades da Pedreira e da Quitanda, no Complexo do Chapadão, em Costa Barros, subúrbio do Rio. A Polícia Militar confirmou a morte de Maria de Lourdes Correia do Nascimento, de 68 anos. Um ônibus foi tomado pelos moradores e estacionado na Avenida Professor Bernardino, um dos acessos ao Chapadão. Os moradores revoltados depredaram parcialmente o veículo e atearam fogo em lixo e pedaços de pau, bloqueando a via. A PM já desbloqueou a avenida.

Por medida de segurança, devido a operação no Chapadão, 14 unidades escolares não abriram as portas pela manhã e cerca de 4,6 mil alunos da rede municipal de educação ficaram sem aula. Seis escolas municipais, quatro creches e quatro Espaços de Desenvolvimento Infantil deixaram de funcionar.

De acordo com o comandante do 41° Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Irajá, a operação foi para cumprir um mandado de prisão. Os policiais alegam que foram recebidos com muitos tiros. Para reforçar a ação, foram chamados militares 9° BPM de Rocha Miranda e do 14° BPM de Bangu, além de um blindado que está na área. O veículo blindado foi intensamente alvejado nos pneus e radiador e se encontra na comunidade. A operação ainda está em andamento.

No dia 25 de junho passado, em outra operação do Batalhão da PM de Irajá, o menino Luiz Felipe Rangel de Melo, de 3 anos, morreu vítima de uma bala perdida enquanto dormia em casa, no Morro da Quitanda. Ele foi enterrado no Cemitério de Irajá, sob pedidos de justiça e paz na comunidade.

A bala que atingiu o menino foi disparada durante tiroteio entre policiais do 41º Batalhão da Polícia Militar e criminosos da comunidade. A perícia foi feita no local, e a Polícia Civil apreendeu 15 armas dos policiais que participaram da operação.

Tags: crime, idosa, morte, polícia, Rio, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.