Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Rio

"Mundo precisa de uma renovação", diz Dom Orani em celebração do 'Dia do Padre'

Em entrevista, cardeal fez referência aos conflitos mundiais, inclusive na Faixa de Gaza

Jornal do BrasilCláudia Freitas

"Isso demostra que o mundo, naquilo que é guerra, necessita de uma nova conjuntura, ele precisa ser novo. E o evangelho, aquele que traz as mensagens de Deus ao homem, diz que deve se respeitar o outro, amar o próximo, não responder o mal com o mal, e deve querer o bem do outro", disse o cardeal Dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, se referindo aos recentes conflitos mundiais, especialmente na Faixa de Gaza, na manhã desta segunda-feira (4/8), após celebrar a missa de Ação de Graças pelo Dia do Padre, na Igreja de São Pedro, no Rio Comprido. Cerca de 150 sacerdotes das 264 paróquias do município do Rio participaram da tradicional celebração em memória de São João Maria Vianney, apresentado pela Igreja como Patrono dos Párocos.

Esse ano, a missa em homenagem ao Dia do Padre, comemorado em 4 de agosto, teve a benção especial da Imagem Peregrina da Virgem de Nazaré, que chegou a cidade na última sexta-feira (1o.) e percorreu diversos bairros em carreata e deve viajar para a Ilha de Paquetá, no nordeste da baía de Guanabara, nesta segunda (4), antes de retornar para Belém, acompanhada da comitiva formada para o Círio de Nazaré. Dom Orani, na homilia, lembrou o tema Caridade, da campanha da Fraternidade 2014. 

O cardeal lembrou que agosto, no calendário religioso, é o mês das vocações à caridade: da Igreja, do pároco, do religioso, da vida matrimonial. "Queremos contemplar todas as vocações das quais somos chamados pela Igreja no mundo. E, ao mesmo tempo, a arquidiocese vive em torno do tema caridade, que norteia os trabalhos desenvolvidos esse ano", disse Dom Orani, ressaltando que no ano passado o tema abordado foi Fé. 

A caridade, na visão de Dom Orani, remete à evangelização, que representa a preocupação com o seu semelhante. "Com a visita da Imagem Peregrina da Nossa Senhora de Nazaré, o tema que escolhemos foi 'Vocacionados a Caridade'. Isso para lembrar que todos somos chamados a evangelizar e nos comprometer com o que é mais justo, humano e fraterno", destacou o cardeal.

Dom Orani explicou que a Imagem Peregrina é um simbolo "muito interessante da fé do povo paraense". Ela leva milhões de pessoas as ruas de Belém em um fim de semana, durante a programação do Círio de Nazaré, que dura todo o mês de outubro na capital do Pará. "São milhões de fiéis que vão visitar a imagem. Isso deve lembra ao seminarista que tudo representa um sinal, essa quantidade de pessoas reunidas, o próprio acontecimento que os fiéis também se sentem chamados a viver aquele momento. Cabe a Igreja evangelizar, assim as pessoas vivem melhor. Essa é a missão do padre. ", destacou o cardeal como mensagem pela data comemorativa. Dom Orani Tempesta já foi Arcebispo de Belém no entre os anos de 2004 a 2009. 

Campanha contra fome no Haiti

Para comemorar o primeiro aniversário de realização da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, o cardeal Dom Orani Tempesta disse que a Arquidiocese está empenhada também em uma campanha contra a fome no Haiti. "A Jornada deixou claras heranças. Uma delas foi o legado social. Temos um trabalho com pessoas dependentes químicos, formando uma rede de atendimento. Optamos por comemorar o aniversário da Jornada com um gesto concreto internacional. Vimos que há um trabalho realizado por uma comunidade religiosa do Rio em solidariedade ao Haiti. Analisamos a importância dessa iniciativa e estamos ampliando a divulgando a campanha", contou Dom Orani.

Cardeal afirmou que ouviu relatos tristes de mães haitianas. "As mães dão bolachas de terra para os seus filhos que estão passando fome. Muitos atestados de óbito têm como motivo da doença a fome. Então, tem uma casa lá que trabalha com ambulatório, mais simples, com assistente social. Já mandamos para esse local 20 toneladas de alimentos no ano passado", contou o cardeal.

Desde julho a Arquidiocese do Rio está apoiando a campanha em prol do Haiti e até 14 de setembro vai receber os donativos. "Queremos divulgar a campanha para que todo o povo se sensibilize. Ao invés de campanhas melhores, vamos concentrar esforços nesse trabalho e esperamos a participação da população. Estamos sempre comentando nas celebrações", comentou Dom Orani. Segundo o cardeal, os alimentos adequados para doação são os não perecíveis, especialmente leite em pó e fubá. Os donativos podem ser entregues nas paróquias ou no Hospital São Francisco na Providência de Deus, que fica na Rua Conde de Bonfim, 1633, na Tijuca, Zona Norte da cidade. Apesar de não ter um balanço do que foi arrecadado, Dom Orani estima que as doações alcance 10 toneladas de alimentos até o final da campanha. 

Tags: cardeal, celebração, Círio, Gaza, guerra, nazare, Padre

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.