Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Rio

Patrulhamento segue reforçado no Complexo do Alemão

Agência Brasil

O patrulhamento no Complexo de Favelas do Alemão está com o policiamento reforçado desde o início da semana passada, com 300 homens para dar tranquidade aos moradores e prender os criminosos que estão escondidos nas comunidades que fazem parte do complexo. A topografia do lugar com becos e ruas estreitas facilitam as ações dos criminosos, que sempre agem de emboscada contra os militares durante as patrulhas nas comunidades.

O Complexo do Alemão tem quatro bases de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), instaladas no Morro do Alemão, Fazendinha, Adeus/Baiana e Nova Brasília. Estas quatro bases tem um efetivo de 1.318 homens, distribuídos por escala de trabalho, de 24 h por 48 h de descanso.

Ontem (29) ocorreram dois enfrentamentos. Um na parte da manhã, na localidade conhecida como Areal, durante uma ação de patrulhamento. No tiroteio, dois homens acabaram presos. Com eles, os militares apreenderam um carregador de pistola e pequena quantidade de drogas. Os outros criminosos que participaram do tiroteio conseguiram fugir. Devido ao tiroteio e por medida de segurança, o teleférico do Alemão, ficou com o serviço suspenso por 20 minutos, das 10h15 às 10h35. Já na parte da tarde, um policial militar ficou ferido nas pernas. Ele  foi rapidamente socorrido e está fora de perigo.

No mesmo dia, policiais militares numa ação conjunta com homens da delegacia do Alemão (45º Distrito Policial), prenderam Anderson dos Santos Nascimento, conhecido como Gordinho. Ele foi preso na localidade da Palmeirinha, no Morro da Fazendinha. De acordo com o delegado Felipe Curi, titular da delegacia local, Gordinho é o homem de confiança do traficante Eduardo Fernandes de Oliveira, o “2D”, preso em abril passado e acusado de liderar o tráfico de drogas na comunidade.

O esquema especial de segurança, conta com homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) que estão fazendo ações de varredura diariamente nas comunidades do Alemão a procura de traficantes.

Tags: alemão, comunidade, pacificação, polícia, upp

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.