Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Rio

Teleférico do Alemão suspende serviço pela manhã por medida de segurança

Agência Brasil

O teleférico do Complexo de Favelas do Alemão, subúrbio do Rio, ficou parado por 20 minutos, das 10h15 às 10h35, por medida de segurança, devido a um tiroteio entre criminosos e militares lotados em uma das bases da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade. Em menos de 15 dias, o teleférico do Alemão ficou suspenso por seis dias, pelo mesmo motivo: devido à troca de tiros na região. O teleférico do Alemão transporta, por dia, cerca de 12 mil pessoas.

Mais cedo, em ação conjunta, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora Fazendinha e agentes da 45ª Delegacia de Polícia (Alemão) prenderam Anderson do Nascimento da Silva, conhecido como Gordinho, no Beco do Dinas, no Complexo do Alemão. Segundo informações de inteligência, Anderson é suspeito de ser homem de confiança dos líderes do crime organizado no bairro local. O caso foi registrado na 45ª DP.

De acordo com o delegado Felipe Curi, titular da delegacia do Alemão, Gordinho é homem de confiança do traficante Eduardo Fernandes de Oliveira, o 2D, preso em abril passado. Contra ele havia dois mandados de prisão expedidos pela Justiça. Na semana passada, devido aos constantes enfrentamentos entre criminosos e militares lotados nas UPPs do Alemão, a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) dobrou o efetivo na região, de 150 para 300 policiais por dia. Esse policiamento permanecerá reforçado no Conjunto de Favelas do Alemão, por tempo indeterminado.

Tags: comunidade, Norte, Rio, tiros, transporte, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.