Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Rio

À frente nas pesquisas, Garotinho e Crivella lideram redes sociais

Portal Terra

À frente na disputa eleitoral para o governo do Rio de Janeiro, ambos com 24% das intenções de voto segundo a última pesquisa do Instituto Datafolha, o deputado federal Anthony Garotinho (PR) e o senador Marcelo Crivella (PRB) lideram também a disputa nas redes sociais. Os dois abusam das referências religiosas e colecionam seguidores, ficando milhares de curtidas à frente dos outros cinco candidatos.

Garotinho conta com mais de 781 mil seguidores no Facebook e 101 mil no Twitter. Já Crivella tem mais de 617 mil e 59 mil, respectivamente. Pezão e Lindbergh, com 14% e 12% das intenções de voto, por sua vez, não chegam aos 150 mil seguidores no Facebook e têm uma influência ainda menor no Twitter, com cerca de 5 mil seguidores no caso do governador e 31 mil do senador petista. O candidato do Psol, Tarcísio Motta, é o lanterna, com cerca de 15 mil seguidores no Facebook e 500 no Twitter.

Enquanto o deputado federal e ex-governador dispara contra adversários, lembra projetos passados e faz promessas para o futuro, tudo em primeira pessoa, Crivella faz a linha auto-ajuda. Os principais posts do Facebook do senador do PRB são mensagens positivas, que não remetem diretamente à campanha. A assessoria do candidato diz que é o próprio senador quem compõe as frases e as envia para a equipe de eleições no começo da manhã via WhatsApp. As frases, então, são combinadas com fotos e postadas. 

Na terça-feira a página do candidato trazia a imagem de um bebê sendo beijado por duas pessoas e a frase “Filho é o prato principal, neto é a sobremesa”. Poucas horas depois, um novo post no mesmo tom, aconselhava: “Não tenha medo da mudança. Coisas boas se vão para que coisas melhores possam vir”. “O senador é um escritor, um apaixonado pelo Facebook”, diz a assessoria, ao citar a preferência por “textos motivacionais” e detrimento da agenda de campanha e propostas, postadas preferencialmente no Twitter. Informações sobre os projetos do candidato e a sua agenda ficam para o Twitter, em que o senador amealha cerca de 60 mil seguidores.

Já Garotinho diz ter percebido o poder da internet há tempos, quando sua esposa Rosinha Garotinho deixou o governo do Estado e ele criou o Blog do Garotinho, que tem, segundo a assessoria, cerca de 300 mil pageviews por mês. Desde o começo de 2013, é uma agência que cuida das redes sociais do candidato. Tanto o seu Facebook quanto o Twitter oferecem a possibilidade de o internauta personalizar o seu perfil com o número da campanha e baixar um aplicativo em que apresenta seus projetos. “O embrião das redes do Garotinho foi o blog, em que ele se defende da perseguição da imprensa e apresenta denúncias com provas, o que criou uma rede de leitores e comentaristas muito qualificada”, diz a assessoria do candidato.

Tags: 2014, Eleições, estado, Facebook, Governo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.