Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

Rio

Pacificada a Rocinha, morte no Baixo Gávea

Dona do restaurante Guimas morre baleada após tentativa de assalto

Jornal do Brasil

Depois da pacificação da Rocinha, que não conseguiu acabar com a violência na comunidade, uma mulher foi baleada e morta no início da tarde desta quinta-feira no Baixo Gávea, na Zona Sul do Rio. A vítima é uma das proprietárias do restaurante Guimas, Maria Cristina Bittencourt Mascarenhas, conhecida como Tintim

Ela estava na Praça Santos Dumont, em frente ao B.G Bar, quando foi abordada e baleada por assaltantes. Testemunhas informaram que Cristina tinha acabado de sacar dinheiro em uma agência bancária do Shopping da Gávea quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta.

Eles tentaram roubar a bolsa dela perto da Praça Santos Dumont, mas ela reagiu. Os bandidos conseguiram fugir com a bolsa. Tintim foi socorrida e levada para um hospital, mas não resistiu. A Divisão de Homicídios vai investigar o caso. 

A polícia já tem a descrição do criminoso que atirou na comerciante. Segundo relato de testemunhas, ele é um homem pardo, com cerca de 30 anos e 1,70 m de altura. Policiais agora vão analisar imagens das câmeras de vídeo do condomínio e dos restaurantes na Praça Santos Dumont para identificar o outro assaltante.

O restaurante Guimas, na Gávea, um dos mais tradicionais do Rio, foi fundado há 33 anos, por Cristina, o marido, Chico Mascarenhas, Ricardo (que morreu há cinco anos) e Priscilla Guimarães. 

Tags: dona, gávea, guimas, morte, Sul, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.