Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Rio

Hemorio faz campanha para melhorar estoques de sangue que caíram na Copa

Agência Brasil

O Instituto Estadual de Hematologia do Rio de Janeiro (Hemorio) está fazendo uma campanha em caráter emergencial para estimular doadores de sangue. O objetivo é aumentar o estoque de segurança já que, devido à Copa do Mundo, o número de doadores caiu em todo o país.

Segundo o Hemorio, a queda de doadores causou um desequilíbrio grande dos estoques de sangue e hemoderivados no instituto, que abastece 200 hospitais públicos e conveniados ao Sistema Único de Saúde, (SUS).

De acordo com a coordenadora de Hemoterapia do instituto, Esther Lopes, a situação é preocupante. Na última semana, por exemplo, houve uma queda de 70% no número de doações. Com a cidade cheia de turistas, em virtude da Copa do Mundo, a preocupação fica maior, pois é preciso ter um estoque grande para possíveis emergências.

Em uma das ações da campanha, o Hemorio montou, no centro do Rio, uma unidade móvel de coleta para tentar aumentar o número de doadores. Marília dos Santos Pereira, de 57 anos, costuma doar, mas ficou um período sem contribuir por motivo de saúde, devido a um acidente que sofreu.  Assim que sua saúde melhorou, voltou às doações. Ela acredita que todos deveriam doar, por ser prático e fundamental para salvar vidas.

Para Manuel Neto, de 65 anos, que é doador voluntário desde 1972, doar sangue é um ato simples que possibilita salvar vidas. Ele vê a falta de doadores como um motivo a mais para doar sangue e convoca todos a seguirem o seu exemplo: "Gente, doe sangue, porque doar sangue é salvar vidas Quem tem até 65 anos e está bem de saúde pode doar, venha sempre.", disse.

Pode ser doador qualquer pessoa em bom estado de saúde, com idade entre 16 e 69 anos, pesando mais de 50 quilos e não faça uso de medicamento controlado. O interessado pode comparecer à unidade do Hemorio, no centro do Rio de Janeiro (Rua Frei Caneca, 8) portando documento oficial de identidade com foto. Não é necessário estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e não tomar bebida alcoólica 12 horas antes.

Tags: Centro, doadores, instituto, Rio, sangue

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.