Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

Rio

Dornelles é anunciado como candidato a vice-governador na chapa de Pezão

Com a mudança, Felipe Peixoto deixa de ser candidato a vice

Jornal do Brasil

O senador Francisco Dornelles (PP) foi anunciado como vice na chapa do governador Luiz Fernando Pezão, candidato à reeleição, neste sábado (5), último dia possível de ser feito registro de candidatos às eleições de 2014.

Pezão se reuniu no princípio da tarde deste sábado com Carlos Lupi (PDT), na tentativa de tentar convencê-lo a desistir de se lançar como candidato avulso ao Senado, porém sem resultados. Com isso, o PDT saiu da chapa de apoio à reeleição de Pezão e o deputado Felipe Peixoto, do PDT, deixou de ser o candidato à vice.

O lançamento da candidatura independente de Carlos Lupi ao Senado ocorreu após Cesar Maia (DEM), ex-prefeito do Rio, ter sido confirmado integrando a chapa majoritária de Pezão. Lupi teria ficado indignado e declarado que, apesar de resolver se lançar como candidato de forma independente, o PDT continuaria fazendo parte da coligação de apoio ao candidato Pezão.

Apesar de estar acompanhando Pezão durante a agenda do atual governador, Felipe Peixoto não será mais candidato a nenhum cargo nestas eleições, mas declarou que irá se dedicar à campanha de Pezão.

Francisco Dornelles é um dos mais importantes políticos brasileiros

Mais importante senador pelo Rio de Janeiro dos últimos anos, Francisco Dornelles é um nome elementar para a política brasileira, possuindo hoje mais relevância política do que o dispensado em um cargo de governador.

Francisco Dornelles é um nome que confere importância a qualquer partido político, devido à experiência e ao profissionalismo do político que foi o mais importante secretário no governo do ex-presidente Tancredo Neves, chefiando com extrema competência o Ministério da Fazenda em 1985.

O experiente político esteve já também à frente do Ministério do Trabalho de 1999 até 2002, no mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, além de ter sido Ministro da Indústria, do Comércio e do Turismo.

Fica claro que, para um político com tanta bagagem profissional e conhecimento político, o cargo de vice-governador é um cargo muito pequeno de acordo a amplitude das capacidades que atualmente são atribuídas a Dornelles. Hoje, no Brasil, são poucos – ou nenhum – os executivos com a competência, dignidade e profissionalismo de Francisco Dornelles.

Tags: cesar maia, Eleições, FHC, francisco dornelles, pezão, tancredo neves

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.