Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Rio

Com avanço das seleções sul-americanas, Rio espera mais turistas

Agência Brasil

Com o avanço das seleções sul-americanas na Copa do Mundo,  o secretário de Turismo do Rio, Antonio Pedro Figueira de Mello, estima que a previsão inicial de 400 mil turistas estrangeiros na cidade deve ser ultrapassada. De acordo com a secretaria, o movimento de visitantes nos principais pontos turísticos cresceu nas últimas semanas. O Cristo Redentor, por exemplo, recebeu mais de 130 mil visitantes em duas semanas. O Pão de Açúcar recebeu a visita de 13 mil pessoas no mesmo período, quando a média normal é 3 mil por dia.

“O tipo de público que vem para a Copa do Mundo é aquela pessoa que vai atrás do futebol, da sua paixão. E vai aonde for. E a gente tem que aproveitar esse fluxo para cativar o turista, para ele virar nosso cliente e sair daqui falando bem da gente”, disse o secretário.

Com isso, a prefeitura prevê ainda que o número de motorhome e trailers deve crescer também, já que a maioria dos turistas está usando esses veículos para se descolar entre as cidades-sede e também ficam hospedados neles. A prefeitura estuda que os veículos fiquem estacionados na Ilha do Fundão, na zona norte da capital fluminense, e não na orla de Copacabana, quando foi ocupada por centenas de carros de turistas, a maioria de argentinos e chilenos. Depois, deslocados para o Terreirão do Samba.

A prefeitura divulgou outros dados relacionados à Copa do Mundo. De acordo a prefeitura, nos dias de jogos no Maracanã, cerca de 404 mil passageiros usaram o metrô, sendo o meio de transporte mais usado pelos torcedores para chegar ao estádio.

Na Fifa Fan Fest, meio milhão de pessoas já passaram pelo local desde o início da competição, uma média de 40 mil pessoas por dia, sendo cerca de 80% estrangeiros. “Copacabana é o coração da Copa. É onde tem o maior ‘mix’ de pessoas circulando, se divertindo”, disse Mello.

Uma pesquisa da secretaria de Turismo, no Facebook, aponta que 68% do público são homens e 32%, mulheres. A faixa etária predominante é 19 aos 36 anos.

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) recolheu 283,8 toneladas de lixo na região do Maracanã, 270 toneladas na Fifa Fan Fest e dez toneladas no Alzirão, na Tijuca, além disso 2.973 pessoas foram multadas por jogar lixo no chão, dos quais 564 turistas estrangeiros.

Já a Secretaria Municipal da Ordem Pública informou que 37 cambistas foram detidos perto do Maracanã, sendo dois neozeolandeses e um americano, e 52 flanelinhas. Mais de 3.382 itens de comércio ambulante não autorizado foram apreendidos próximo ao estádio. Ainda no entorno, foram interditados três bares por venda e o consumo de bebidas alcoólicas duas horas antes dos jogos, durante as partidas e duas horas depois, o que é proibido.

O titular da Seop, Leandro Matioli, informou que na Fifa Fan Fest e no Alzirão foram aplicadas 1.167 multas, com 387 carros rebocados. Cinquenta e sete pessoas foram multadas por urinar na rua. 

Tags: Copa, Mundo, Rio, turistas, visitas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.