Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Rio

Disque-denúncia oferece recompensa por suspeitos de matar PM

Agência Brasil

O serviço Disque-Denúncia está oferecendo uma recompensa de até R$ 10 mil para quem oferecer informações que levem às prisões de  Igor Quirino Lopes da Silva e Thiago da Silva, suspeitos de matar um policial militar no Complexo do Alemão nesta semana. A recompensa é R$ 5 mil por cada suspeito.

O soldado Fabio Gomes da Silva, da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Fazendinha, no Complexo do Alemão, foi baleado no rosto quando fazia um patrulhamento pela comunidade na noite de domingo (22). Ele chegou a ser encaminhado para o hospital, mas morreu no dia seguinte.

Os mandados de prisão pelo assassinato do policial foram expedidos pelo Plantão Judiciário fluminense. Eles já tinham, contra eles, mandados de prisão preventiva (expedidos na semana passada) por suspeita de participação na quadrilha que comanda a venda de drogas no Complexo do Alemão.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone 2253-1177 ou pelo WhatsApp (aplicativo parasmartphones) do Portal dos Procurados do Disque-Denúncia, que é o (21) 968-021-650. O denunciante pode se manter anônimo.

Ao fazer a denúncia, a pessoa recebe um código. Caso a informação seja valiosa e resulte na prisão do suspeito, o próprio denunciante (que saberá da prisão pela imprensa) deverá ligar novamente para o serviço e informar seu código, requisitando sua recompensa. O Disque-Denúncia então combina uma forma de fazer o pagamento, sendo possível, mesmo assim, manter o anonimato.

Tags: assassinado, fabio gomes da silva, quadrilha, Rio, soldado, upp

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.