Jornal do Brasil

Sábado, 29 de Novembro de 2014

Rio

Prazo para autovistoria em prédios do Rio termina dia 1º julho

Dos 270 mil edifícios do município, menos de 5% entregaram os laudos à Prefeitura

Jornal do Brasil

Até o dia 1º de julho, os prédios residenciais e comerciais da cidade do Rio de Janeiro que não apresentarem os laudos da autovistoria poderão ser multados, de acordo com o Decreto Municipal nº 37.426/13. Levantamento feito pela Prefeitura indicava que, até o fim de janeiro deste ano, apenas 2% dos 270 mil prédios do município entregaram os laudos. Faltando menos de uma semana para o fim do prazo, estima-se que este número não ultrapasse os 5%.

Para o engenheiro Civil e de Segurança Francisco Leite, consultor do Grupo I Can, que realiza o serviço de autovistoria, o baixo índice de entrega dos laudos se deve a quatro fatores principais: "Em primeiro lugar, ao velho hábito, de nós brasileiros, de deixarmos tudo para a última hora. Em segundo, a esperança de que a Prefeitura prorrogue, mais uma vez, o prazo de entrega. Em terceiro, a falta de informação e de divulgação para os síndicos e, por último, a dificuldade dos responsáveis pela edificação em contratar profissionais, seja pelo desconhecimento de onde encontrá-los ou por dificuldades financeiras para a contratação".

Leite ressalta ainda que a grande importância da autovistoria é quanto à segurança no uso das edificações, seguido pela valorização patrimonial resultante da inspeção predial. "Muito além de uma autovistoria técnica, é imperativo transmitir segurança para os proprietários, inquilinos, prestadores de serviço e visitantes de condomínios e hóspedes e clientes de hotéis", afirma.

"Todas as áreas comuns e os apartamentos devem ser vistoriados. Ao final, entregamos um relatório minucioso e, ao mesmo tempo, informamos à Prefeitura a situação do prédio. Dessa forma, a Administração do condomínio e síndicos ficam resguardados", explica o engenheiro. 

"Além disso, o Grupo I CAN fornece um selo de Teto Seguro, que fica na entrada da edificação garantindo a todos uma tranquilidade total e mostrando que aquele prédio passou pela autovistoria", completa.

Tags: decreto, edifícios, engenheiro, municipal, vistorias

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.