Jornal do Brasil

Domingo, 25 de Fevereiro de 2018 Fundado em 1891

Rio

Prazo para autovistoria em prédios do Rio termina dia 1º julho

Dos 270 mil edifícios do município, menos de 5% entregaram os laudos à Prefeitura

Jornal do Brasil

Até o dia 1º de julho, os prédios residenciais e comerciais da cidade do Rio de Janeiro que não apresentarem os laudos da autovistoria poderão ser multados, de acordo com o Decreto Municipal nº 37.426/13. Levantamento feito pela Prefeitura indicava que, até o fim de janeiro deste ano, apenas 2% dos 270 mil prédios do município entregaram os laudos. Faltando menos de uma semana para o fim do prazo, estima-se que este número não ultrapasse os 5%.

Para o engenheiro Civil e de Segurança Francisco Leite, consultor do Grupo I Can, que realiza o serviço de autovistoria, o baixo índice de entrega dos laudos se deve a quatro fatores principais: "Em primeiro lugar, ao velho hábito, de nós brasileiros, de deixarmos tudo para a última hora. Em segundo, a esperança de que a Prefeitura prorrogue, mais uma vez, o prazo de entrega. Em terceiro, a falta de informação e de divulgação para os síndicos e, por último, a dificuldade dos responsáveis pela edificação em contratar profissionais, seja pelo desconhecimento de onde encontrá-los ou por dificuldades financeiras para a contratação".

Leite ressalta ainda que a grande importância da autovistoria é quanto à segurança no uso das edificações, seguido pela valorização patrimonial resultante da inspeção predial. "Muito além de uma autovistoria técnica, é imperativo transmitir segurança para os proprietários, inquilinos, prestadores de serviço e visitantes de condomínios e hóspedes e clientes de hotéis", afirma.

"Todas as áreas comuns e os apartamentos devem ser vistoriados. Ao final, entregamos um relatório minucioso e, ao mesmo tempo, informamos à Prefeitura a situação do prédio. Dessa forma, a Administração do condomínio e síndicos ficam resguardados", explica o engenheiro. 

"Além disso, o Grupo I CAN fornece um selo de Teto Seguro, que fica na entrada da edificação garantindo a todos uma tranquilidade total e mostrando que aquele prédio passou pela autovistoria", completa.

Tags: decreto, edifícios, engenheiro, municipal, vistorias

Compartilhe: