Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

Rio

Governo do Rio recebe blindados destinados a JMJ e Copa da Confederações

Veículos táticos estavam previstos para garantir a segurança na cidade durante a Copa

Jornal do BrasilCláudia Freitas

No último sábado (21/6) o governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), recebeu oito veículos táticos blindados para transporte de tropas, licitados em janeiro do ano passado em um Pregão Internacional. O edital do pregão apresenta como justificativa para a compra dos equipamentos, no valor de R$ 22,3 milhões, a garantia da segurança pública em megaeventos que já foram sediados na cidade em 2013, como a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, que estava no seu décimo dia de realização no país quando os veículos chegaram ao Porto do Rio.  

Em um vídeo postado no perfil do Governo do Estado no YouTube, o sargento do Bope Ricardo Pinna faz uma apresentação dos blindados, também chamados de "supercaveirões", informando que quatro deles serão destinados ao Batalhão de Operações Especiais da PM (Bope), dois ao Batalhão de Polícia de Choque (BpChq) e dois a Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (Core). De acordo com o discurso do oficial, os novos veículos serão utilizados com a finalidade de consagrar o processo de pacificação. No entanto, o edital publicado no dia 08 de janeiro de 2013 no Diário Oficial do Estado, aponta como motivo principal da compra a realização da Copa do Mundo. 

"Em razão da realização de eventos de grande porte de caráter internacional no Estado do Rio de Janeiro, sobretudo a COPA DO MUNDO BRASIL FIFA 2014, que figura no contexto atual como o principal exercício de preparação para os jogos OLÍMPICOS RIO 2016, e ainda em razão da necessidade da adequação da Segurança Pública no Uso Diferenciado da Força (...) colocando o Rio de Janeiro em completo alinhamento com as práticas adotadas nos países desenvolvidos, se faz mister o investimento na aquisição de VEÍCULOS BLINDADOS PESADOS DE USO POLICIAL", destaca o conteúdo do documento. 

Em outro trecho, o texto destaca novamente a necessidade de se investir nos equipamentos, em função dos eventos programados: "a responsabilidade de sediar grandes eventos como Jornada Mundial da Juventude, Copa das Confederações (2013), Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016, exigem do Estado um grande investimento no reaparelhamento e na modernização de suas polícias." 

Veículos táticos enviados pela sul-africana Paramount Logistics Corporation
Veículos táticos enviados pela sul-africana Paramount Logistics Corporation

O conteúdo do edital também destaca que as unidades policiais do Rio possuem equipamentos, armamentos e veículos blindados "obsoletos e/ou defasados", que segundo a justificativa defendida no documento compromete "tanto as ações diárias, cada vez mais voltadas para a consolidação, e pacificação de territórios de exclusão em comunidades antes dominadas pelo tráfico de armas e drogas, quanto àquelas envolvendo contra medidas a ataques assimétricos terroristas, no tocante a preservação da vida e na dignidade da pessoa humana de toda população ordeira, e ainda, da segurança das equipes policiais de forma coletiva e individual.", diz o texto.  

O Pregão Internacional foi iniciado no 22 de janeiro, tendo as suas regras estabelecidas no processo Nº E-12/2767/2012, de 27 de setembro de 2012, da Secretaria de Estado da Casa Civil. Cinco empresas de diferentes nacionalidades participaram da disputa, que teve consagrou como vencedora a sul-africana Paramount Logistics Corporation. Um dos itens do edital define que os veículos deveriam ser entregues no prazo máximo de 180 dias, a partir da assinatura do contrato, que aconteceu no início do ano passado. Ou seja, a entrega aconteceria até agosto de 2013, com base no documento. Outra cláusula exige que a contratada forneça a Seseg o cronograma contendo todas as etapas de produção. 

A Assessoria de Comunicação do Governo do Estado esclareceu que as alterações nos prazos de entrega ocorreram para atender as demandas da Seseg, que fez várias exigências à contratante visando a melhor adaptação do veículo à realidade do Rio, atingindo assim, um excelente resultado e sem custo adicional. 

A Assessoria de Comunicação da Polícia Militar do Rio destaca na sua página na internet que os novos blindados irão "proporcionar mais conforto aos policiais e consolidar a política de pacificação" e afirma que os veículos serão fiscalizados pelo Exército para liberação de uso. A publicação ressalta ainda que um grupo de 12 policiais foi à África do Sul realizar treinamento para conduzir e operar os blindados. Esses policiais vão treinar outros PMs para manuseio dos equipamentos. Segundo a publicação, esse treinamento vai acontecer nas instalações da Core, com instruções teóricas e práticas durante um período mínimo de três dias. 

Tags: Copa, jornada, juventude, pregão, táticos, veículos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.