Jornal do Brasil

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Rio

Polícia prende pessoas com credenciais falsas no Maracanã 

Portal Terra

Quatro pessoas foram presas com credenciais falsas para tentar entrar no jogo entre Espanha e Chile por policiais à paisana da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar do Rio de Janeiro nesta tarde. Segundo a PM, um colombiano estava vendendo por R$ 1.500 um kit com camisa com o logo da Fifa e da empresa Sony, patrocinadora da Copa do Mundo, e credenciais. Foram apreendidos sete kits. A falsificação era grosseira.

Policiais disseram que ao patrulharem a rampa da UERJ, perto do estádio, viram um colombiano vendendo as credenciais para a área vip da Sony a dois chilenos e um venezuelano. Outra pessoa que estaria vendendo o kit conseguiu fugir. O colombiano afirmou que estava revendendo a mando da pessoa que fugiu, que prometeu acesso ao estádio.

Um dos chilenos que tentou comprar o kit afirmou que é apenas um turista, hospedado em Búzios, que estava desesperado para ver a partida.

Segundo o delegado Deoclécio Assis, da 19ª Delegacia de Polícia, todos os quatro responderão por falsificação de documentos e ficarão presos no Brasil. Eles foram levados para a Delegacia do Consumidor.

Além disso, pelo menos cinco pessoas foram presas por venda de ingresso. De acordo com o delegado Deoclécio, havia cambistas comercializando entradas por até R$ 4 mil. O delegado disse que desconfia que torcedores estivessem fazendo falsas notificações de roubo de ingressos, para obter boletim de ocorrência policial e pedir à Fifa outro ingresso no lugar do que supostamente foi roubado.

Tags: Copa, falsidade, Maraca, Mundo, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.