Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Rio

Polícia prende pessoas com credenciais falsas no Maracanã 

Portal Terra

Quatro pessoas foram presas com credenciais falsas para tentar entrar no jogo entre Espanha e Chile por policiais à paisana da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar do Rio de Janeiro nesta tarde. Segundo a PM, um colombiano estava vendendo por R$ 1.500 um kit com camisa com o logo da Fifa e da empresa Sony, patrocinadora da Copa do Mundo, e credenciais. Foram apreendidos sete kits. A falsificação era grosseira.

Policiais disseram que ao patrulharem a rampa da UERJ, perto do estádio, viram um colombiano vendendo as credenciais para a área vip da Sony a dois chilenos e um venezuelano. Outra pessoa que estaria vendendo o kit conseguiu fugir. O colombiano afirmou que estava revendendo a mando da pessoa que fugiu, que prometeu acesso ao estádio.

Um dos chilenos que tentou comprar o kit afirmou que é apenas um turista, hospedado em Búzios, que estava desesperado para ver a partida.

Segundo o delegado Deoclécio Assis, da 19ª Delegacia de Polícia, todos os quatro responderão por falsificação de documentos e ficarão presos no Brasil. Eles foram levados para a Delegacia do Consumidor.

Além disso, pelo menos cinco pessoas foram presas por venda de ingresso. De acordo com o delegado Deoclécio, havia cambistas comercializando entradas por até R$ 4 mil. O delegado disse que desconfia que torcedores estivessem fazendo falsas notificações de roubo de ingressos, para obter boletim de ocorrência policial e pedir à Fifa outro ingresso no lugar do que supostamente foi roubado.

Tags: Copa, falsidade, Maraca, Mundo, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.