Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Rio

Professores da rede pública fazem panfletagem em Copacabana

Agência Brasil

Os professores das redes estadual e municipal do Rio fizeram hoje  (5) de manhã uma panfletagem na Praça Cardeal Arcoverde, em Copacabana, zona sul do Rio, onde distribuíram panfletos à população explicando os motivos da greve da categoria, iniciada  no dia 12 do mês passado, e mostraram uma faixa com os dizeres: Greve unificada da educação.

>>Professores em greve fazem panfletagem no Rio para buscar apoio da população

>>Caxias: professores encerram greve: melhorias estruturais se mostram urgentes

De lá, os manifestantes seguiram para a Avenida Atlântica, em nova panfletagem, e falaram sobre as reivindicações da classe, entre ela o baixo salário, a falta de material  básico e o sucateamento das escolas públicas. O ato foi pacífico e acompanhado por militares da Tropa de Choque da Polícia Militar.Os professores marcaram para amanhã (16), às 9h, manifestação na porta do Centro Administrativo, na Cidade Nova, contra ato publicado nessa sexta-feira (13), no Diário Oficial da prefeitura, informando que 51 professores que fizeram o estágio probatório estavam inaptos para o serviço.

 De acordo com um dos diretores  do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação, Alex Trentino, "todas essas pessoas consideradas inaptas estão participando do movimento grevista".A categoria tem também uma audiência pública marcada para quarta-feira (18), na Assembleia Legislativa, sobre o processo administrativo instaurado na Secretaria Estadual de Educação contra 146 pessoas por abandono de emprego.Os profissionais de educação das redes estadual e municipal de ensino têm nova  assembleia marcada para  3 de julho a fim de avaliar os rumos do movimento.

Tags: copacabana, greve, panfletagem, professores, sepe

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.