Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Rio

Sininho é indiciada em processo que apura atos violentos em protestos

Jornal do Brasil

Elisa de Quadros Sanzi, conhecida como Sininho, foi à Cidade da Polícia prestar depoimento no processo que apura responsabilidade por atos violentos nos protestos que aconteceram em junho do ano passado. Sininho foi até a delegacia nesta sexta-feira (13), mas não chegou a prestar depoimento porque seu advogado pediu para ver os autos, já que descobriu, na delegacia, que ela estava sendo indiciada e não só se apresentando como testemunha. 

O advogado da produtora de cinema, Marino D' Icarahy,  informou que em breve ela deverá se pronunciar publicamente sobre o caso. Essa é a segunda vez que Sininho é chamada para prestar depoimento. Na quarta-feira (11),  seu computador foi apreendido durante uma operação. 

Sininho foi novamente a delegacia, mas não chegou a prestar depoimento
Sininho foi novamente a delegacia, mas não chegou a prestar depoimento

Na quarta, ela não chegou a ser ouvida pela polícia porque estava prestando depoimento num processo sobre a denúncia de que dois policiais militares teriam forjado um flagrante em junho do ano passado. 

A ação que cumpriu 17 mandados de busca foi executada pela Delegacia de Repressão a Crimes contra a Informática (DRCI). A Polícia Civil informou que ninguém foi preso. 

Tags: depoimento, drci, junho de 2013, manifestações, protestos, Rio, sininho

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.