Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Rio

Rio será palco de dois protestos contra a Copa nesta quinta

Um sairá da Candelária ao meio-dia e outro acontecerá às 15h em Copacabana

Jornal do Brasil

Dois protestos contra os gastos da Copa do Mundo estão marcados para esta quinta-feira, no Rio de Janeiro. A concentração do primeiro começou às 10h, na Candelária, e a passeata sairá ao meio-dia, em direção a Lapa. "Todo mundo sabe que as empreiteiras, a Fifa, as empresas patrocinadoras e alguns políticos ganharam muito com a Copa. O povo ficou de fora. Por isso, nossa Copa vai ser na rua!", informa a descrição do evento no Facebook. 

Segundo os organizadores, esta é a primeira de quatro ações que uma "ampla articulação da sociedade civil" realizará durante a Copa do Mundo. Eles pedem saúde, educação e transporte públicos, gratuitos e de qualidade, direito à manifestação, Maracanã público e popular, democratização dos meios de comunicação, reforma agrária, direito à moradia, combate ao racismo, machismo e intolerância e apoio às greves e lutas dos trabalhadores.

O segundo protesto do dia, entitulado como "NÃO VAI TER COPA! FIFA GO HOME!", acontecerá às 15h, na praça Cardeal Arcoverde, em Copacabana. Os manifestantes criticam as remoções forçadas, os gastos excessivos com obras "totalmente ineficientes", a elitização dos estádios e a forte repressão aos protestos. 

Eles também lutam contra a opressão de gênero, que seria estimulada pela Copa do Mundo. Um exemplo citado é a camiseta vendida pela Adidas, uma das multinacionais que patrocinam o evento, com estampas de nádegas de mulheres, o que seria um reforço à "opressão de gênero e às cotidianas agressões sexistas brasileiras". Além disso, reclamam do silêncio da FIFA perante os inúmeros casos de racismo nos campeonatos europeus e pelo mundo. 

Tags: Copa, evento, manifestações, protestos, Rio, Torneio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.