Jornal do Brasil

Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2014

Rio

Justiça faz audiência da morte do filho de Cissa Guimarães

Portal Terra

A justiça realiza na tarde desta quinta-feira a primeira audiência sobre a morte de Rafael Mascarenhas, filho da atriz Cissa Guimarães. A Audiência de Instrução e Julgamento (AIJ) ocorrerá na 16ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. 

São réus no processo Rafael de Souza Bussamra, que dirigia o carro atropelador; o pai, Roberto Martins Bussamra; o irmão, Guilherme de Souza Bussamra; e Gabriel Henrique de Souza Ribeiro, motorista do outro carro que estava no túnel no momento do acidente. 

Entenda o acidente

O músico Rafael Mascarenhas, 18 anos, filho caçula da atriz Cissa Guimarães, morreu em 20 de julho de 2010. O rapaz andava de skate na pista sentido Gávea do Túnel Acústico - que estava sem tráfego devido à interdição para manutenção do Túnel Zuzu Angel, 4,9 km antes- quando foi atropelado pelo Siena KXR-0394, dirigido pelo estudante Rafael de Souza Bussamra, 25 anos, que estaria em alta velocidade.

O filho de Cissa e amigos andavam de skate quando foram surpreendidos pelos dois veículos. Rafael disse que buzinou e piscou o farol, mas alega que o skatista teria feito manobra brusca. O Corpo de Bombeiros foi acionado à 1h49 e chegou ao local em menos de cinco minutos. Com politraumatismo, Rafael foi levado com vida ao Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, onde foi operado, mas morreu às 8h.

No dia 25 de outubro de 2012, a Justiça havia desqualificado Bussamra de homicídio doloso (quando há intenção de matar) para homicídio culposo de trânsito. No último dia 17, a Justiça do Rio de Janeiro manteve a decisão de julgar o atropelamento de Rafael Mascarenhas como homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Segundo o Tribunal de Justiça, Rafael Bussamra não assumiu o risco de matar. A acusação ainda pode recorrer. 

Tags: atriz, atropelamento, cissa, Filho, julgamento, morte, rafael mascarenhas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.