Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Rio

"Rei das Novinhas" e mais duas pessoas são presos na Vila Mimosa, no Rio

Jornal do Brasil

Uma investigação de 20 dias para levantar a exploração sexual de crianças e adolescentes na Vila Mimosa realizada por policiais da Delegacia de Criança e Adolescente Vítimas (DCAV), terminou com a prisão de Anderson Fernandes Bezerra, o Patinho ou Rei das Novinhas, 30 anos. O criminoso usava a casa noturna 60 Night Club, de sua propriedade, localizada na Rua Sotero dos Reis, área de prostituição, para aliciar e explorar adolescentes.

Durante a operação, os policiais descobriram que o programa sexual era cobrado por R$ 50, além de R$ 12 pelo aluguel do quarto. Verificado os antecedentes do investigado, os policiais constataram que Anderson é suspeito de provocar o crime de aborto em uma menina de 16 anos, corrupção de menores, receptação de veículo roubado e de adulteração de sinal identificador de veículos.

Em várias fotografias, Anderson se apresentava ostentando suas joias com diversas mulheres, inclusive em passeios de lanchas. O criminoso é suspeito, ainda, de integrar quadrilha especializada em roubo e adulteração de veículos, atuando na Baixada, São Gonçalo e Niterói.

No estabelecimento, além de duas adolescentes que eram exploradas, os policiais encontraram documentos de Anderson, suas roupas, além de relógios e vários cordões grossos e com pingentes em forma de coroas, anéis dourados, que o explorador utilizava para ostentar riqueza e atrair as jovens para que fossem prostituídas, fazendo com que acreditassem que ganhariam dinheiro e teriam vida fácil. Em sua carteira foram encontrados R$ 1.330 mil.

Na ação foi apreendido um veículo que estava em posse de Anderson, um Chery Tiggo 2.0, ano 2010, cujo documento consta como proprietária a empresa Map. Car Rio Comércio de Veículos Ltda. Na documentação é vedada a circulação do veículo. O carro será encaminhado à perícia de chassi e o responsável pela empresa será chamado para prestar depoimento.

Anderson poderá ser condenado a uma pena de reclusão que varia de 4 a 10 anos. 

Com ele também foi presa a gerente da casa noturna, Gabriela Noêmia Avanza França, 22 anos. Segundo a polícia, Gabriela era a responsável por receber os clientes e aliciar as jovens para trabalharem no estabelecimento. Ela também responderá pelo crime de favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de vulnerável.

Outro preso é Patrick Michel de Souza Telles, 21, que estava praticando atos sexuais com uma adolescente de 17 anos. Patrick, quando adolescente, foi apreendido no bairro do Leblon, ao cometer ato infracional análogo ao crime de roubo. 

No local foram acolhidas duas adolescentes de 17 anos, uma delas analfabeta. De acordo com o delegado Marcelo Maia, elas disseram aos policiais que trabalhavam no local para subsistência. As jovens foram ouvidas na presença do Conselho Tutelar e serão encaminhadas ao abrigo da Prefeitura.

Tags: aliciadores, menores, prisão, Rio, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.