Jornal do Brasil

Sábado, 26 de Julho de 2014

Rio

TRT-RJ declara ilegalidade da greve dos rodoviários

Jornal do Brasil

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT/RJ) decidiu na tarde desta segunda-feira (2), por oito votos a um, que a greve dos rodoviários do Rio é ilegal e abusiva. Foi aplicada ainda a multa de R$ 50 mil por dia de paralisação, somando R$ 150 mil. Outros R$ 1 mil, das custas do processo, também terão de ser pagos. 

Os dias não trabalhados pelos funcionários também serão descontados, de acordo com a decisão. Dos quatro dias de greve (8, 13, 14 e 28 de maio), apenas o último não terá multa, já que foi mantido 70% do efetivo de funcionários e ônibus nas ruas, como havia decidido o TRT em audiência no dia 13. 

Com a decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), o vice-presidente do sindicato dos rodoviários, Sebastião José, anunciou que vai entrar amanhã com um recurso recorrendo da multa aplicada, já que a Justiça considerou o sindicato responsável pelos grevistas.

"A decisão do TRT de julgar a paralisação ilegal mostrou apenas que o sindicato não compactua e nunca compactuou com nenhum tipo de paralisação; por isso, considero que em nenhum momento nós poderíamos ser responsabilizados por causa de meia dúzia de pessoas que não têm nenhum vínculo conosco", explicou.

Sebastião garantiu também que amanhã, logo cedo, irá solicitar junto ao Rio Ônibus, que os profissionais que não estão ou não estiveram ligados ao movimento dissidente, não tenham seus dias descontados, já que muitos compareceram às garagens para trabalhar normalmente mas foram impedidos de sair com os coletivos.

Tags: motoristas, multa, paralisação, Trabalho, Tribunal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.