Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Setembro de 2014

Rio

PMs vão de trem da Zona Oeste ao Centro para atuar em manifestações

Jornal do Brasil

Os policiais militares que atuaram na manifestação dos professores e no protesto contra a Copa do Mundo, nesta sexta-feira, no Centro do Rio, foram obrigados e pegar um trem na Zona Oeste, onde está montado provisoriamente um Batalhão de Campanha no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP).

Um ônibus fez várias viagens de ida e volta para levar os PMs do CFAP, em Sulacap, até a estação de trem de Deodoro. De lá, eles seguiram em um trem da SuperVia até a Central.

A Polícia Militar não informou quantos policiais utilizaram o trem, mas alegou que a opção pelo transporte público se deu para evitar congestionamentos. 

“No dia-a-dia da Polícia Militar, é comum que os integrantes da corporação utilizem transportes públicos - ônibus, barcas, trem e metrô - principalmente quando realizam patrulhamento a pé. Armado e fardado o policial utiliza todos os meios de transporte públicos - inclusive quando atuando pelo Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS). No caso dos policias do Batalhão de Campanha, optou-se pelo trem porque o deslocamento de ônibus seria prejudicado pelo trânsito naquele momento”, diz a nota da PM.

Tags: Atos, Centro, deslocamento, PMs, protestos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.