Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Rio

Manifestação de carteiros vai pedir fim da violência contra a categoria

Ato foi marcado pelo sindicato dos carteiros para esta quinta, na Zona Norte da cidade

Jornal do Brasil

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Similares do Rio de Janeiro (Sintect-RJ) anunciaram para esta quinta-feira (29/5) uma manifestação da categoria contra o aumento da violência a carteiros e a insegurança nas unidades da empresa. O ato público está marcado para às 16 h, na Avenida Lobo Júnior, no bairro da Penha, Zona Norte da cidade. Uma nota emitida pelo sindicato, afirma que casos de assalto, sequestros e agressões aos trabalhadores foram registrados em grande quantidade nos últimos meses. 

No comunicado, o sindicato cito o caso da unidade dos Correios na Penha, que tem registrado uma média de 4 assaltos aos carteiros por semana e tiros contra carteiros e viaturas já virou uma rotina constante. "Dentro dos Centro de Distribuição Domiciliar e agências, os trabalhadores estão à mercê do crime e da violência com a retirada da segurança patrimonial", diz o texto. 

Um outro episódio citado na nota aconteceu na Zona Oeste da cidade. "Por muito pouco, o carteiro não foi queimado vivo por meliantes, que depois de roubarem a carga, incendiaram a viatura com o trabalhador dentro do veículo", diz a nota. E completa: "a categoria pede o apoio da população para defender os trabalhadores dos Correios e pedir mais segurança para que eles possam exercer seu trabalho sem colocar suas vidas em risco.". Eles também reivindicam o aumento das escoltas para as entregas de encomendas e o retorno da segurança patrimonial nos CDD’s e agências.

Tags: agressões, carteiro, correios, manifestação, trabalhadores

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.