Jornal do Brasil

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Rio

Audiência vai discutir na Câmara destino das famílias desabrigadas da Telerj

Jornal do Brasil

Uma audiência pública vai discutir nesta quinta-feira (29/5) na Câmara Municipal do Rio de Janeiro a situação dos assentados na Paróquia Nossa Senhora do Loreto, na Ilha do Governador, oriundos da ocupação do prédio da Telerj, no Engenho de Dentro, na Zona Norte. A Comissão Especial de Direito à Moradia Adequada pretende intermediar uma solução para as 210 pessoas desabrigadas e que passaram por uma ação de reintegração de posse marcada por cenas violentas, no mês de abril.

Audiência na Câmara do Rio vai tratar da situação dos desabrigados da Telerj
Audiência na Câmara do Rio vai tratar da situação dos desabrigados da Telerj

Para o vereador Reimont Otoni (PT-RJ), que preside e comissão, as famílias precisam de uma solução definitiva da prefeitura do Rio, assim vão sair da condição de precariedade que estão submetidas. “O anúncio da prefeitura de interesse na compra do terreno da antiga Telerj não é garantia de solução para essas famílias, já que há um déficit habitacional alto na cidade. Precisamos encaminhar essas famílias para vagas de empregos e aluguel social”, diz o parlamentar. 

Devem participar da audiência os secretários estaduais de Habitação, Pierre Batista, de Desenvolvimento Social, Adilson Pires, os acolhidos pela arquidiocese na Igreja Nossa Senhora do Loreto, a Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Defensoria Pública Estadual e o cardeal dom Orani Tempesta. As autoridades foram convidadas na semana passada pela comissão.

Tags: comissão, posse, reintegração, telerj, terreno

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.