Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

Rio

Após ataque à UPP, PM realiza operação na Cidade de Deus nesta segunda-feira

Marginais passaram pela base da UPP da região atirando e balearam um PM

Jornal do Brasil

A Polícia Militar do Rio de Janeiro realiza na manhã desta segunda-feira (26/5) uma operação na comunidade Cidade de Deus, na Zona Oeste da cidade, para tentar localizar os bandidos responsáveis pelo ataque à base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da região, na noite deste domingo (25), que deixou um policial ferido. Motos, carros, pedestres e residências passam por revistas na operação da PM, desde as primeiras horas desta segunda. 

O policial da UPP que foi baleado no braço durante a ação dos marginal, foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade de Deus e mais tarde transferido para o Hospital Lourenço, na Barra da Tijuca, também na Zona Oeste. O estado de saúde do policial identificado como Vinícius Salles Oliveira de Sá, de 28 anos, é estável e ele não corre risco de morrer. Oliveira de Sá foi transferido na manhã desta segunda (26) para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), onde permanece em observação. Segundo informações da Coordenadoria de Polícia Pacificadora, os criminosos passaram por volta das 20h pela entrada principal da base da UPP, na Rua Edgard Werneck, atirando e feriram o policial que estava no local. Mais tarde, os bandidos teriam tentado invadir a UPA onde estava internado o policial baleado, mas o PM já havia sido transferido para o hospital. 

Sardinha é um dos suspeitos de participar do ataque à UPP da Cidade de Deus
Sardinha é um dos suspeitos de participar do ataque à UPP da Cidade de Deus

Um dos dos suspeitos de participar do ataque foi identificado pela PM como Luciano da Silva Teixeira, de 31 anos, mais conhecido como "Sardinha". Ele teria ligação com o tráfico de drogas na comunidade. Na página de procurados da PM, Luciano é apresentado como integrante da facção Comando Vermelho, que atua na Cidade de Deus. Ele seria o homem de confiança do traficante Sam, que se encontra preso em um presídio federal. O Disque Denúncia ainda oferece uma recompensa de R$ 1 mil para quem informar o paradeiro de Sardinha.  

O policiamento na região segue reforçado nesta segunda (26). Agentes de outras UPPs e do Grupamento de Intervenções Táticas (GIT) das UPPs foram deslocados para a Cidade de Deus.

Tags: ataque, baleado, cidade, deus, Policial, upp

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.